sábado, 29 de setembro de 2012

Morte de Hebe Camargo coloca a TV brasileira em luto

Divulgação
Sinceramente, desconheço qualquer pessoa que tivesse qualquer  coisa contra Hebe Camargo. Na verdade, é quase impossível isso acontecer. Além da inesgotável fonte de talento e incrível habilidade de comunicação, a "gracinha"tinha um carisma que encantava a todos.

Hebe fez história na televisão brasileira. Qualquer livro ou guia que fale sobre o meio de comunicação não será completo se não tiver um enorme capítulo dedicado a Hebe. Por mais que o modelo de programa e entrevistas continue no ar, dificilmente existirá alguém que exerça a função com tanta segurança.

O país está de luto. Descanse em Paz, Hebe!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Mano Menezes inventa jogadores e prejudica os times em convocação da seleção brasileira

Divulgação
As convocações do técnico Mano Menezes conseguem ficar cada vez mais "polêmicas", digamos assim. Nesta quinta-feira (27), o treinador anunciou uma penca de atletas que atuam no Brasil, prejudicando diversas equipes em três rodadas do Brasileirão. Além disso, o retorno de Kaká e a inclusão do zagueiro Leandro Castán levantam dúvidas na cabeça do torcedor.

Apesar do goleiro Victor ter subido de produção desde a transferência para o Atlético-MG, ele só voltou a ser incluído na lista agora, exatamente no momento em que a equipe briga com o Fluminense pelo título do Brasileirão. O clube mineiro sofre muito mais, por exemplo, do que o tricolor carioca, que perde Thiago Neves, que nem vive uma fase tão boa assim.

Um pouco mais abaixo, Mano complica a vida de Vanderlei Luxemburgo, que terá que se adaptar e jogar sem o meia Fernando, um dos pilares da equipe. A mesma situação enfrenta o Vasco, que sempre que joga sem Dedé perde pontos preciosos. A ausência do zagueiro por tanto tempo pode custar, inclusive, a vaga na Libertadores.

Vale ressaltar, ainda, a presença de três laterais pela esquerda de ofício na lista, enquanto existe apenas um na direita. Marcelo, Alex Sandro e Adriano - por mais que também saiba jogar no outro lado - ocupam as mesmas funções e queimam uma vaga importante.

Em síntese, Mano Menezes segue testando o time enquanto já deveria ter um plantel formado. Ele acabou perdendo muito tempo em peças que ficaram no tempo e, comprovadamente, não rendiam. Agora, o Brasil paga a conta de um início ruim de comando.

Cadê o Ronaldinho Gaúcho? Flamengo faz a melhor atuação do ano contra o Galo

Vagner Love
Divulgação/VipComm
O desavisado que assistiu ao jogo desta quarta-feira (26) entre Flamengo e Atlético-MG certamente achou que o time carioca brigava pela liderança e o mineiro contra o rebaixamento. Com um primeiro tempo acima da média, o rubro-negro anulou completamente o desafeto Ronaldinho Gaúcho e conquistou importantes três pontos na tabela, ao vencer por 2 a 1.

Logo no início da partida, o Fla demonstrava uma enorme vontade, a ponto de realizar o melhor primeiro tempo da equipe no ano. Sem exageros, Vagner Love estava inspiradíssimo, marcando um golaço de bicicleta.

Mesmo após o empate do Galo com Jô, o time não desistiu e continuou buscando o gol. Até que conseguiu, com Liédson, que se aproveitou de um deslize da firme zaga mineira.

Vale ressaltar, ainda, a atuação da arbitragem. Embora tenha acertado a maioria dos lances, faltou personalidade ao juiz Jailson Freitas. Muitos lances capitais, como a expulsão do zagueiro Réver e faltas perigosas, foram marcados pelos árbitros auxiliares, através do ponto. Não me surpreendo que algum deles tenha usado a ajuda a televisão.

Pelo menos por enquanto, os flamenguistas respiram aliviados. A segunda divisão está cada vez mais longe.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Marcos Assunção é o craque da 26ª rodada do Brasileirão

Desesperado na luta pela permanência na primeira divisão, o Palmeiras conseguiu uma importante vitória por 3 a 1, fora de casa, contra o Figueirense. O meia foi peça importante no placar, marcando um gol e comandando a equipe.

O craque da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

Marcos Assunção, do Palmeiras

domingo, 23 de setembro de 2012

Fluminense só perde o Brasileirão para ele mesmo

Fluminense campeão
Divulgação
Não é de hoje que venho afirmando: o Fluminense está com sorte de campeão. Mesmo jogando mal nas últimas partidas, o tricolor das Laranjeiras vem conseguindo vencer os adversários, atingindo o posto de principal favorito ao título do Brasileirão de 2012.

Com exceção do acidente de percurso contra o Atlético-GO, o time de Abel Braga conquistou importantes pontos que pareciam perdidos. Na partida deste sábado (22), contra o Náutico, por exemplo, a equipe fez tudo para ceder o empate. Até mesmo o zagueiro Gum tentou cometer um pênalti infantil, mas o árbitro ajudou o clube, ignorando o lance.

Fora a sorte, o Flu tem mesmo demonstrado uma regularidade incrível. Com um bom elenco, o técnico Abel Braga dificilmente precisa improvisar alguma peça, uma vez que existe reposição para praticamente todas as posições.

Mesmo ainda com muito chão pelo caminho, o Fluminense só perde o Brasileirão para ele mesmo. Se continuar na linha do trem, mesmo com o Galo se superando, a próxima estação certamente será o título.

sábado, 22 de setembro de 2012

Os desafios de Ganso no São Paulo para voltar a jogar um bom futebol

Ganso no São Paulo
Divulgação
A novela já estava ficando chata demais e atrapalhando o Santos e o próprio Paulo Henrique Ganso, como bem desabafou o lateral Léo, após um resultado ruim no Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira (21), o São Paulo finalmente acertou a compra do jogador, que vestirá a camisa tricolor na sequência do Brasileirão.

É fato que Ganso surgiu com um futebol impressionante. Em pouco tempo, a criatividade nas jogadas e os excelentes passes fizeram com que a crítica e a torcida pedisse a convocação do atleta para a Copa do Mundo da África do Sul. Dois anos depois, entretanto, sequências de lesões foram fundamentais para minar a capacidade física e técnica, afastando o meia dos holofotes.

É bem verdade que Ganso nunca foi um santo. Na final do Campeonato Paulista de 2010, por exemplo, o meia desobedeceu uma ordem do então técnico Dorival Junior, se recusando a deixar o campo em uma substituição. O título do torneio e o status que tinha na época acabaram minimizando o caso e limpando a ficha do jogador. Mais tarde, o treinador acabou demitido por desentendimentos com Neymar.

Para o bem do Brasil, seria ótimo que Ganso reencontrasse o bom futebol no São Paulo. Inspirado e em forma, ele será importante para a seleção brasileira, mesmo sob o comando de Mano Menezes. Atualmente, no entanto, o agora tricolor está bem distante do titular da posição e dono da camisa 10, Oscar. Até mesmo uma vaga no banco de reservas está complicado.

Acorda, Ganso! Se bobear, você fica fora de mais uma Copa do Mundo. Se acordar, o Brasil agradece.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Pênalti no último minuto contra a Argentina passa uma impressão falsa da seleção brasileira de Mano Menezes

Mowa Press
Apesar da vitória por 2 a 1 do Brasil em cima da Argentina, na noite desta quarta-feira (19), a partida de ida do Superclássico das Américas não foi benéfica para a seleção de Mano Menezes. Nossos hermanos mereciam sair com o empate, uma vez que o técnico Alejandro Sabella montou muito bem o time que esteve em campo. O pênalti no último minuto retrata uma falsa realidade, passando a impressão de que está tudo bem, quando, na verdade, estamos muito distantes do ideal.

Disposto a evitar a derrota para decidir em casa por um placar simples, Sabella armou a equipe com muita inteligência no 5-3-2. Com uma paredão na defesa, o Brasil não teve paciência e maturidade nem tecnicamente nem taticamente para perfurar a zaga e criar boas oportunidades. O gol só saiu em jogada de bola parada, assim mesmo, em posição irregular - Paulinho estava impedido, mas o bandeirinha ignorou e validou a jogada. Enquanto isso, nossos "hermanos" só precisaram de um contra-ataque fatal e um único chute para administrar o resultado. A partir daí, Neymar precisou de um pênalti no último minuto para garantir o placar favorável.

Os problemas desta seleção brasileira de jogadores que atuam no Campeonato Nacional começam pelas laterais. Lucas, do Botafogo, e Fábio Santos, do Corinthians, não são os nomes ideias para as funções. Os próprios reservas, Marcos Rocha e Carlinhos, poderiam imprimir mais velocidade, com um cruzamento de linha de fundo mais eficaz.

Além disso, o setor de criação não rendeu nem com Jadson e nem com Thiago Neves. Para ele funcionar, a solução seria modificar o desenho tático, puxando Lucas um pouco mais para trás, na armação, junto com um segundo jogador, que poderia ser o garoto Bernard - na seleção mesclada, seria Oscar.

Em síntese, nem mesmo o troféu da nova Copa Roca está garantido. Sabella é inteligente e tem condições de reverter o resultado. O que Mano deveria fazer é estudar novas alternativas, principalmente nas laterais. Ele deve recordar que estamos a menos de um ano da Copa das Confederações e o cerco está fechando. No mais, Felipão está doido para uma brecha.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Lucas encanta e é o craque da 25ª rodada do Brasileirão

Com uma atuação acima da média, o meia-atacante destruiu as chances da Portuguesa no Morumbi. Ele comandou a equipe, distribuindo importantes assistências e marcando um gol que foi creditado para o lateral Cortês, que acabou desviando a bola de leve.

O craque da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

Lucas, do São Paulo

domingo, 16 de setembro de 2012

A triste e complicada situação do Palmeiras no Brasileirão

Divulgação
Embora ainda tenham muitas rodadas pela frente, o Palmeiras enfrenta uma situação desesperadora no Campeonato Brasileiro. Com apenas 20 pontos, a equipe é a vice-lanterna da competição, correndo um sério risco de disputar a Libertadores do ano que vem paralelamente à segunda divisão nacional.

Apesar de várias pessoas dividirem a culpa pelo momento ruim, o ex-técnico Felipão não possui uma grande responsabilidade. O título da Copa do Brasil foi uma prova de que o ex-treinador fez o que pôde com o fraco elenco à disposição. Agora sem ele, o clube precisa encontrar um novo comandante urgentemente, já que o tempo está passando e o navio palmeirense afundando cada vez mais.

Sem muitas opções de contratações, já que a janela internacional está fechada, resta ao torcedor apostar em atuações acima da média dos estrangeiros Valdidia e Barcos. São eles que podem salvar o time do rebaixamento. Para o banco de reservas, o melhor seria a contratação de um treinador com o perfil motivador a curto-prazo, tal como Joel Santana.

A cada rodada que passa, o sofrimento aumenta. Alô, diretoria! Providências com urgência!

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Neymar afunda o Flamengo e é o craque da 24ª rodada do Brasileirão

Três dias depois de marcar três gols contra a China, pela seleção brasileira, ele voltou e decidiu um importante duelo contra o Flamengo. Com um golaço e participação direta no resultado que deixou o rubro-negro próximo da zona de rebaixamento, a jovem revelação mostra que vem amadurecendo.

O craque da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

Neymar, do Santos

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Vasco: histórico de Marcelo Oliveira não é animador

Divulgação
Depois da enorme pressão da torcida, Cristóvão Borges acabou pedindo demissão do Vasco da Gama. O presidente Roberto Dinamite tentou, sem sucesso, a contratação de Renê Simões, atualmente coordenador das categorias de base do São Paulo. Uma pena para o clube. Renê seria a pessoa certa, no momento certo. Com isso, restou a única opção disponível no mercado: Marcelo Oliveira.

Apesar do otimismo de grande parte da crônica esportiva, recebo a chegada com certo receio. Técnico de times profissionais desde 2007, Marcelo só conseguiu permanecer por mais de um ano no comando de um clube exatamente na última passagem pelo Coritiba. Além disso, a equipe ocupa atualmente a 16ª colocação, beirando a zona de rebaixamento.

Sei que ainda é cedo e que seria precipitado qualquer julgamento. É preciso deixar o profissional trabalhar e dar um tempo para colocar a casa em ordem, entretanto, é fato que os dois títulos estaduais com o Coxa e dois vice-campeonatos da Copa do Brasil ainda não lhe dão o status de treinador de alto nível. No Gigante da Colina, o técnico terá que driblar a limitação no elenco para manter a equipe no G-4 e assegurar uma vaga para a Libertadores da América.

Em síntese, espero que eu esteja errado e Marcelo Oliveira marque o nome positivamente na história de um clube tão vitorioso como o Vasco da Gama. Mesmo assim, enquanto não o vejo comandar o time, fico com a impressão de que a diferença para Cristóvão é muito pequena.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Cinco dicas de amistosos para a seleção brasileira

Mano Menezes
Ao tomar conhecimento que a seleção brasileira conseguiu aplicar uma goleada de 8 a 0 em cima da poderosíssima China, não resisti e fui buscar dicas de amistosos para sugerir à CBF. Afinal de contas, chegou o momento de subirmos um degrau e tentar desafios ainda mais complicados.

1 - Jordânia - Na acirrada Eliminatória Asiática para a Copa do Mundo, a Jordânia avançou em segundo lugar no grupo, ficando à frente da China.

2 - Iraque - Aí o desafio é maior ainda. Afinal de contas, o Iraque, seleção comandada por Zico, ficou em primeiro lugar no grupo que tinha China e Jordânia. Que feito, não?

3 - Antígua e Barbuda - Com o objetivo de buscar outros continentes, aterrissamos em um celeiro do futebol: a Concacaf! A Antígua e Barbuda chegou até a terceira fase, deixando para trás Curaçao e as potentes Ilhas Virgens Americanas, goleando por 10 a 0.

4 - Quênia - Já se tornou um mito na África! O Quênia aplicou uma lavada em Seychelles: 7 a 0! E fora de casa! Sei que vai ser uma batalha disputada demais, mas, quem sabe conseguimos vencer?

5 - Namíbia - Precisa falar algo? Venceu o Djibuti por 8 a 0, o mesmo placar do Brasil na China. Quem sabe arrancamos um empate?

#FicaadicaCBF !

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Jones Carioca esmaga o Vasco e é o craque da 23ª rodada do Brasileirão

Cria do America-RJ, o veloz atacante voltou ao Rio de Janeiro para detonar o Vasco da Gama. Autor de dois dos quatro gols e peça fundamental no esquema ofensivo do Bahia, ele comanda a recuperação da equipe no torneio.

O craque da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

Jones Carioca, do Bahia

domingo, 9 de setembro de 2012

Manter Cristóvão Borges no cargo é uma piada de mau gosto para o torcedor vascaíno

Divulgação
É difícil crer que o presidente Roberto Dinamite não vá tomar providências após a goleada vergonhosa sofrida pelo Vasco para o Bahia, neste domingo (9), em pleno caldeirão de São Januário. Embora o elenco seja sim limitado, é fato que o técnico Cristóvão Borges, já há algum tempo, vem se perdendo com escalações equivocadas e alterações pouco eficazes ao longo das partidas.

Os especialistas estão certos quando afirmam que o erro começou nas saídas dos antigos titulares Fágner, Diego Souza e Rômulo, além do polivalente Allan. A equipe perdeu as opções e acabou ficando ser banco de reservas. Por outro lado, Cristóvão tem sim uma grande responsabilidade, uma vez que vem lotando a equipe com volantes e zagueiros, ignorando completamente o setor de criação.

Embora tenha feito um bom trabalho no início, mantendo a regularidade do amigo e ex-técnico Ricardo Gomes, que deixou o comando ao sofrer um AVC, durante uma partida do Campeonato Carioca, o antigo assistente acabou não suportando a pressão de diversos campeonatos de peso, prejudicando o clube com alterações pouco convencionais durante os jogos mais equilibrados.

Neste duelo contra o Bahia, especificamente, deu pena ver o Vasco em campo. Os 4 a 0 ficaram baratos. O massacre só não foi maior por acomodação da equipe de Salvador, que relaxou com a larga vantagem. Com uma formação tática de dar dó, jovens jogadores sendo queimados e outros atletas que não possuem condições de vestir a camisa de um clube de Série A, o Gigante da Colina se apequinou.

Vale ressaltar, que a troca de comando deveria acontecer se o novo contratado tivesse experiência comprovada e sucessos ao longo da carreira. Não defendo, por exemplo, a chegada de Marcelo Oliveira, ex-Coritiba. O sonho distante, pelo custo, seria Felipão, que anda mal das pernas com o Palmeiras.

Acorda, Dinamite! Acorda, Vasco! O clube segue no G-4, mas, será que vai continuar por muito tempo? Deste jeito, não.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Trabalho de Mano Menezes na seleção brasileira gera desconfiança

Foto: Mowa Press
A esperança da torcida brasileira está cada vez menor para a Copa do Mundo de 2014. O tão esperado processo de renovação no Brasil vai indo de mau a pior, com o técnico Mano Menezes se complicando no comando da equipe. O modesto placar por 1 a 0 no amistoso desta sexta-feira (7), contra a frágil África do Sul, no Morumbi, irritou os especialistas e fãs do futebol.

Com a bola nos pés, a seleção mostrou pouca criatividade, apesar de contar com jogadores habilidosos, como Oscar - até tentou produzir algo - e Neymar, completamente apagado em campo. Na defesa, Dedé e David Luiz não precisavam de grande esforço, uma vez que o ataque pouco eficiente dos africanos não causou sustos ao goleiro Diego Alves.

Embora criticado veementemente nos últimos meses pelo ex-jogador Romário, foi Hulk quem fez o gol da vitória. Apesar de ter acertado o chute, o pouco tempo em que o jogador esteve em campo ainda não justificou as tantas convocações.

Vale ressaltar, ainda, que faltou um bom centro-avante no banco de reservas. Com Leandro Damião abaixo das expectativas, não havia outro jogador relacionado para exercer a mesma função. Enquanto isso, dois goleiros que atuam no Brasil esquentavam o banco de reservas: Cássio e Jefferson.

Cada vez mais, a batata de Mano Menezes vai assando. Será que ele dura até a Copa do Mundo?

Em tempos de competições no Brasil, as chances de títulos vão ficando bem pequenas.

Seedorf é o craque da 22ª rodada do Brasileirão

Que ele é craque todos já sabiam. No melhor estilo europeu, o holandês deu um show de futebol e foi fundamental na virada do Botafogo sobre o Cruzeiro, fora de casa, marcando dois gols e dando uma assistência.

O craque da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

Seedorf, do Botafogo

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Atletas paralímpicos enchem o Brasil de orgulho

Getty Images
É incrível ver o desempenho dos atletas paralímpicos do Brasil. Em um país aonde ainda existe o preconceito, sacramentado inclusive por leis, através do sistemas de cotas (até cor faz a diferença no Vestibular, olha só), esses verdadeiros heróis se consagram com medalhas atrás de medalhas, indo muito além do que conquistamos nas Olimpíadas de Londres.

Daniel Dias, Terezinha Guilhermina, Odair Santos e companhia superam, além das dificuldades físicas, visuais e motoras, a falta de investimento no setor. Sem reclamar da vida ou apresentar queixas disso ou daquilo, mostram o verdadeiro espírito que falta em muitos cidadãos do país.

Ainda falta um tempinho para o fim dos Jogos Paralímpicos de 2012, entretanto, já colecionamos 11 medalhas de ouro, sete de prata e quatro de bronze. E esse número de 22, no total, ainda vai subir muito mais.

Parabéns, delegação paralímpica brasileira! Vocês enchem o Brasil de orgulho!

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Saiba quem foi o craque da rodada no Brasileirão

Quando joga o que sabe, é difícil parar o argentino. Graças a jogadas de muita criatividade e lances extremamente técnicos, Leandro Damião e Forlán conseguiram marcar dois gols cada, na goleada por 4 a 1 em cima do Flamengo.

O craque da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro é:

D'Alessandro, do Internacional

domingo, 2 de setembro de 2012

Atlético-MG começa a tropeçar e Campeonato Brasileiro fica aberto

O Flamengo teve uma péssima atuação diante do Inter (Divulgação)
Tudo bem que empatar com o Cruzeiro e perder para o Corinthians, fora de casa, não pode ser considerado um tropeço. Mesmo assim, qualquer deslize e ponto perdido pode ser substancial para a corrida do título do Brasileirão. O todo-poderoso Atlético-MG parece não ser imbatível, e passa a deixar o campeonato aberto.

O maior frustrado após a rodada deste final de semana foi o Fluminense. A equipe tinha a vitória nas mãos, após abrir 2 a 0 contra o lanterna Figueirense. Apesar disso, o clube de Santa Catarina reagiu, empatou e podia até virar, se não fosse o bom goleiro Diego Cavalieri. Com o empate do Grêmio e a queda do Galo, o tricolor segue mais vivo do que nunca na luta pela taça.

Enquanto isso, o Vasco não precisou de muito esforço para bater a frágil Portuguesa. É bem verdade que, ao deixar William Barbio fora até do banco de reservas, Cristóvão não correu riscos de fazer substituições equivocadas no intervalo.

E o Flamengo? Bem, deixa pra lá. Lamentável a exibição na goleada contra o Inter, por 4 a 0. Melhor para o Botafogo, que espantou a pressão e fez 2 a 0 no Coritiba.

Ainda falta muito para o fim do Campeonato Brasileiro, porém, pode levar a melhor aquele que não desperdiçar pontos bobos, neste início de segundo turno.