domingo, 18 de dezembro de 2011

O adeus de um gênio

Adjetivos não faltam para descrever quem foi Joãosinho Trinta. Entre tantos, eu prefiro ficar com aquele que mais me faz lembrar do artistas: gênio. Perdemos João Clemente Jorge 30, mas os desfiles e ideias brilhantes que partiram das suas mãos, da sua inteligência e da sua ousadia jamais serão esquecidas.

Tive a honra de entrevistar Joãosinho em 2009. Já debilitado, em cadeira de rodas, conversei com ele por poucos minutos durante o lançamento do documentário que o homenageava. Mesmo assim, foram minutos preciosos que jamais serão esquecidos. Com os olhos marejados e o sorriso inigualável, Joãosinho exalava emoção e alegria, ao mesmo tempo, ao falar de suas conquistas.

"Valeu, João! Foi o sonho de um Beija-Flor! João, valeu! Na avenida brilha o sonho seu!"

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Vasco é o grande campeão do ano

Campeão da Copa do Brasil, vice do Brasileirão e semifinalista da Copa Sul-Americana. Os resultados comprovam o que todos já viram dentro de campo: o Vasco é o grande campeão de 2011. Mesmo com um time limitado tecnicamente e com um técnico interino cujas substituições não costumam surtir efeito, o elenco cruzmaltino não desistiu um minuto sequer e se manteve firme, sempre buscando a vitória, observado com orgulho por Ricardo Gomes, mesmo que à distância. O time ainda precisa e muito se reforçar para a Libertadores do ano que vem, no entanto, só em poder disputá-la novamente depois de onze anos já é um alívio ao torcedor. Parabéns, Vasco!

Corinthians

Ganhou o que a CBF queria. Não podemos desprezar, porém, a melhora da equipe com a contratação do técnico Tite e o bom desempenho de atletas como Ralf e Paulinho, gratas surpresas.

Flamengo

Aos trancos e barrancos, conseguiu a vaga para a Libertadores. Muita coisa deve mudar para 2012.

Fluminense

Vem evoluindo e deve manter esse pique. Contratações pontuais devem colocar o clube novamente em condições de lutar pelos principais títulos. Torcedor pode ficar tranquilo.

Botafogo

Quebrou a boa fase carioca. Será o único grande do Rio fora da Libertadores. Fazer o quê? Reformulação total, já!

domingo, 27 de novembro de 2011

Curtas do Brasileirão

VASCO

Vitória sobre o Fluminense foi heróica, histórica e na base da raça. Equipe sofreu com um gol regular mal anulado de Diego Souza e outro irregular de Fred mal validado. Mesmo assim, Alecsandro e Bernardo impediram o campeonato de terminar sem emoção. Apesar disso, Corinthians segue como franco favorito.

FLAMENGO

A camisa falou mais alto na partida contra o Internacional. Mesmo com uma atuação apagada, garantiu uma vitória fundamental para seguir na luta pela Libertadores. Precisa vencer o Vasco para confirmar a vaga.

BOTAFOGO

Lamentavelmente, segue cada vez mais ladeira abaixo. O time é fraco e o ex-treinador Caio Junior abusou de erros primitivos, que desencadearam um fracasso de temporada. Precisa de uma reformulação total para 2012.

FLUMINENSE

Possui um bom time e cresceu na reta final. Por pouco, não deu para entrar na briga pelo título na última rodada. Valeu o esforço e pode pensar com calma na Libertadores, em 2012.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

PROGRAMA AO VIVO: 'A história do Rádio no Brasil

Estarei nesta sexta-feira (25) apresentando ao lado de Luiz Bento o show de rádio produzido pelos alunos de Jornalismo da UniverCidade. Imperdível!

Homenagens a nomes marcantes do rádio nacional como Luiz Mendes, Dylmo Elias e Luiz Fernando Vassallo prometem emocionar o público que estará lotando o Teatro. Quem quiser prestigiar, vai poder ver ainda números de dança e teatro, com representações e lembranças do rádio antigo.



sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Curtas do Brasileirão

VASCO

A decisão do STJD de punir o Vasco com a perda do mando de campo beira o ridículo. Não existe nenhuma justificativa plausível para tal ação. Se eu fosse o cruzmaltino, levaria a decisão para Santa Catarina...

FLAMENGO

O rubro-negro anda cada vez mais descendo a ladeira. A onda de amores com Ronaldinho Gaúcho parece ter chegado ao fim. O custo do clube com o jogador não justifica atuações bizarras como nas últimas rodadas. Com o campeonato chegando ao fim, o melhor que o time da Gávea teria a fazer é arrumar uma separação nesse casamento.

BOTAFOGO

A decisão em demitir Caio Junior foi mais do que acertada. À frente do clube, o treinador até surpreendeu, tendo um desempenho final acima das expectativas. Chegou o momento, no entanto, do clube arranjar alguém de ponta.

FLUMINENSE

Parece ter recuperado a forma. Deve manter o caminho para garantir, sem sustos, a classificação para a Libertadores. Vai conseguir. Título? Esse não adianta mais. Está para Corinthians e Vasco - mais para os paulistas.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Quando o assunto é virada, o Vasco é doutor

Incrível, histórica, espetacular. Muitas são as palavras possíveis para avaliarmos a apoteótica classificação do Vasco na Copa Sul-Americana. Uma virada típica do cruzmaltino, que fez um segundo tempo fora de série.

Apesar dos erros administrativos - não é aceitável deixar jogadores como Rômulo e Felipe sem a inscrição - e limitações táticas e técnicas, a garra falou mais alto e fez as melhores características de cada jogador falarem mais alto.

Cada jogo é um jogo, porém, o torcedor pode ficar mais animado a partir de agora.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Quando faltam palavras para homenagear um ícone; Descanse em Paz, Luiz Mendes!

A minha vida sempre se confundiu com o rádio. Muito antes de sonhar em trabalhar um dia na "latinha", como dizem os radialistas, meu avô, o repórter esportivo Luiz Fernando Vassallo Guichard, já se consagrava como "o repórter que sabe de tudo". Nessa trajetória profissional, ele acabou formando um laço de amizade que ultrapassava os ambientes radiofônicos. Nascia ali uma relação de irmão com Luiz Mendes.

Sempre generoso e amigo, muito próximo, Mendes segurou a minha mãe no colo, viu meus tios crescerem e conheceu meu primo e eu ainda bem moleques.

Minha primeira lembrança vem em março de 2002, quando as fotos de Mendes, do meu avô e de diversos nomes do Jornalismo Esportivo das antigas passaram a estampar o corredor das cabines de rádio do Maracanã. Logo após as homenagens, aconteceu um Vasco x Botafogo, válido pelo Torneio Rio-São Paulo. O jogo terminou em 2 a 2, no entanto, os dois experientes comentaristas achavam graça ver um menino de 11 anos reclamando do treinador cruzmaltino, que não havia colocado o Souza em campo quando o time precisava de um gol.

O tempo foi passando e, após alguns outros encontros em eventos como a "Bola de Ouro" e alguns seminários na ABI, veio uma emoção que jamais vai sair da minha memória. Mais uma vez convidado pelo José Carlos Araújo para fazer uma participação no Globo Esportivo como comentarista convidado, na Rádio Globo, tive a honra de dividir a mesa com o Garotinho e com ele. Lembro de quando o Zé me chamou para o primeiro comentário e o Mendes, com a cabeça, fazia sinal de que concordava. No intervalo, colocou a mão no meu ombro e falou bem baixinho: "Concordo com tudo o que você disse. É assim mesmo. Parabéns". Aquele momento único, por mais simples que possa parecer, foi de grande impacto na minha carreira.

Hoje não tem esse negócio de emissora A, B ou C. Todo o Rádio brasileiro está de luto, sofrendo com as saudades de um profissional ímpar, um comentarista genial e uma pessoa de caráter raríssimo no mundo. Peço desculpas por eventuais excessos, mas, enquanto termino este texto, lágrimas escorrem dos meus olhos. Impossível não emocionar.

Obrigado, Mestre Luiz Mendes! Você não sabe a falta que vai fazer por aqui. Descanse em Paz! A "sua gente", Mendes, jamais vai esquecer os seus ensinamentos.

Força, Dona Daisy Lúcidi e toda a família.

Fica aqui a minha singela homenagem, com a abertura do Globo Esportivo, exibido em 2009:

domingo, 23 de outubro de 2011

Dirigentes acertam na decisão para o Carnaval 2012

É fato que os compositores estavam inspirados nas obras para o Carnaval de 2012, no entanto, vale ressaltar que os dirigentes também foram extremamente felizes ao escolher os sambas-enredo para o ano que vem. Com uma exceção ou outra, a maioria das escolas acertou e vai fazer do CD oficial do Grupo Especial um dos melhores dos últimos anos.

Parabéns, especialmente, Portela e Vila Isabel, que possuem, na minha audição, as obras mais promissoras.

O Carnaval agradece!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Safra de sambas-enredo 2012 está abençoada

Três finais de samba-enredo já aconteceram rumo ao Carnaval 2012 e as escolas vêm acertando a mão. Mangueira, Renascer e Salgueiro escolheram as melhores obras das competições, mostrando que o CD do Grupo Especial em 2012 promete render belas canções, como há muito tempo não ouvíamos.

Vale ressaltar, ainda, a contagiante emoção na final dessa quarta-feira (12), no Salgueiro. Compositores já eliminados subiram ao palco e, chorando, pegaram o microfone para cantar o samba campeão - diga-se de passagem, um inspiradíssimo hino de Marcelo Motta e cia.

"Salgueiro é amor que mora no peito!"

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Rápido balanço do Rock in Rio

Apenas alguns rápidos comentários sobre o Rock in Rio 2011.

Melhor show - Stevie Wonder
Com sobras. Cantar "Você abusou", de surpresa, é um momento que jamais vai sair da história do festival.

Pior show - Ke$ha
Destoou completamente. Fez uma apresentação tão bizarra que conseguiu tirar o troféu de Claudia Leitte, que já estava agarrada no prêmio.

Revelação - Joss Stone
Não entendi por que tocou no Palco Sunset. Mesmo longe do Mundo, fez o palco principal parecer coadjuvante

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Domingo salva o primeiro fim de semana do Rock in Rio; Metallica incendeia

Por Alex de Souza e Ralph Guichard, com fotos de Néstor J. Beremblum

A quarta edição do Rock in Rio, o maior festival de música do mundo, passou pelo primeiro final de semana sem muitas surpresas. Elton John, Red Hot Chili Peppers, Slipknot e Metallica brilharam, como era esperado, no palco principal. A decepção ficou por conta da banda Gloria, vaiada pelo público repleto de milhares de metaleiros, deviadamente paramentados de preto. O último dia do primeiro final de semana, no entanto, foi salvo pelo som perfeito do heavy metal do Metallica.

Analisando apenas o Palco Mundo, onde as estrelas principais se apresentaram, a cantora Claudia Leitte destoou completamente da linha do festival, não agradando a plateia do primeiro dia. Em uma suposta crise de indentidade, a cantora axé-pop abusou de covers, misturando diferentes ritmos, sem imprimir um estilo próprio. Num momento de gosto duvidoso, ela interpretou a música "Caranguejo". Foi nessa hora que houve o registro de vários tumultos com os espectadores, devido a coreografia que a dança imprime.

Por outro lado, o rock nacional dos Paralamas do Sucesso, dos Titãs e do Capital Inicial, esse último vaiado no festival de 1991, cumpriu as expectativas e fez bonito, arrancando muitos aplausos. A exibição sem falhas foi ajudada pela escolha perfeita de um repertório que estava na ponta da língua dos fãs.

Já a cantora norte-america Katy Perry, com o seu jeito extravagante, dividiu opiniões. Num momento da apresentação, Perry levou à condição de celebridade o professor de informática Júlio César de Salvo, ou simplesmente Júlio de Sorocaba. Ela o mandou tirar a camisa e ainda por cima pediu para ser beijada.

Mas o grande ápice estava mesmo reservado ao último dia. O domingo se mostrou a data em que a organização acertou na escalação, equilibrando o nível das atrações. Embora o show do grupo brasileiro Gloria não tenha rendido e o do norte-americano Coheed and Cambria não tenha chamado a atenção, as três últimas bandas justificaram o título de maior festival de música do mundo ao Rock in Rio. A banda de Iowa Slipknot fez mais do que um esquenta para a entrada do Metallica. Levou o mundo do rock ao delírio com a ajuda da pirotecnia, do som pesado e de um baterista "louco" que tocou de cabeça para baixo.

Poderia ficar melhor? Sim, poderia. E o Metallica mostrou como. Além de passar pelos maiores sucessos da sua extensa discografia, o carisma e a desenvoltura de James Hadfield e do baterista Lars Uritch mostraram que não é preciso falar o idioma para ter uma perfeita sintonia com o público. Após dois intervalos, a banda voltou e deu duas canjas para completar 2h10min de um show frenético e inesquecível.

Fonte: O Repórter.com

domingo, 11 de setembro de 2011

BASQUETE: Brasil emociona e consegue, finalmente, a tão sonhada vaga olímpica

Falar sobre basquete no Brasil, até dois dias atrás, era sinal de que o assunto seria pesado, repleto de críticas, lamentações e saudosismo. Nesse sábado (10), no entanto, os jogadores da seleção brasileira deram a volta por cima e salvaram uma geração que tinha tudo para ser marcado pelo fracasso. Com a classificação para a final da Copa América, o país conquistou a tão sonhada vagas nas Olimpíadas de Londres, em 2012. Nós não jogávamos a competição desde 1996.

Me sinto muito à vontade para falar sobre o assunto. Como ex-jogador de basquete, senti de perto o descaso dos representantes das ligas regionais pelo esporte e as dificuldades que os clubes enfrentam. Hoje, no entanto, sinto alívio por ter a chance de, pela primeira vez, ver nosso time em uma competição tão importante como os Jogos Olímpicos - em 1996, eu tinha apenas 5 anos. Não me lembro de nada).

Por ironia do destino, precisamos de um treinador argentino para arrumar a casa. Rubén Magnano foi inteligente, lembrando sim de veteranos como Marcelinho, Guilherme e Alex, porém, colocando para jogar jovens revelações como o pivô Rafael e o armador Vítor Benite. No momento em que a situação apertava, os experientes eram fundamentais e bem lançados, salvando a pátria.

Tudo bem que também tivemos fatores que nos ajudaram, como por exemplo o título mundial dos Estados Unidos, que deram a vaga aos norte-americanos e os tiraram do nosso caminho, mas não importa.

Só espero que essa vaga não sirva como relaxamento. Precisamos investir na base, que ainda sofre bastante e dar continuidade ao bom momento do basquete nacional. Vamos nos fortalecer.

Em tempo: Leandrinho? Nenê? Anderson Varejão? Não precisamos de nenhum deles...

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Mano Menezes segue cada vez mais na contramão da seleção

Dizem que o que está ruim não pode piorar. Mais um engano. A cada partida que passa, seja contra adversários fortes, médios ou fracos, constata-se que Mano Menezes não deu e dificilmente dará certo no comando da Seleção Brasileira.

Mesmo com um jogador a mais durante boa parte da partida, o Brasil não conseguiu fazer mais do que 1 a 0 contra a "poderosa" seleção de Gana, na tarde dessa segunda-feira (05). A insistência em jogadores como Fernandinho, Elias, entre outros, mostra que para nos livrarmos de atletas como André Santos, que só conseguimos após a ultrapassagem de vários limites, a estrada ainda é dura e toda esburacada.

A convocação da antiga Copa Roca, agora apelidada de Superclássico das Américas, ratifica ainda mais a incoerência do nosso treinador. Em uma análise mais profunda, o desespero começa de cima. Um dos goleiros convocados, Rafael, do Santos, é pivô de uma das defesas mais vazadas do Campeonato Brasileiro, com diversas falhas no histórico. Percorrendo a lista, ainda nos deparamos com atletas de idade avançada, que possuem chance zero de aproveitamento em Londres, no ano que vem, e em 2014, na Copa. Kleber, do Inter, e Renato Abreu, do Flamengo, são exemplos claros disso. Isso sem contar jogadores que andam em uma fase nada agradável em seus clubes, como Thiago Neves, do Flamengo, Henrique, do Palmeiras, e Fred, do Fluminense. Enquanto isso, o Arouca não ganha uma chance sequer com a lista 100% "nacional".

Fracos desempenhos diante da Argentina nos dois próximos jogos, e nas Olimpíadas de 2012 devem ser vitais para que Mano não siga no cargo até a Copa de 2014.

Salve-se quem puder!

domingo, 28 de agosto de 2011

Força Ricardo Gomes!

Neste momento tão delicado, não me resta otras palavras a expressar a não ser "Força Ricardo Gomes"! Não vem ao caso se ele é ou não bom treinador, no entanto, é um fato consumado o altíssimo caráter e simplicidade da pessoa Ricardo Gomes. Falo isso porque tive o prazer de conhecê-lo, na época em que dirigia a seleção olímpica, e ouço depoimentos de pessoas que conviveram bastante com ele, na época de jogador. Meu avô é um que acompanhou sua carreira durante muitos anos e esteve com ele várias vezes.

Vamos torcer! Ele vai sair dessa!

FORÇA RICARDO GOMES!


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Quem matou Norma?

Não faço a menor ideia! Mas o intuito deste post não é fazer previsões e adivinhar o final da novala "Insensato Coração", da TV Globo, muito menos dar pitacos na obra dos autores, no entanto, emitir opiniões não ofende ninguém.

Para começar, confesso que vi poucos capítulos. O trabalho e outras atividades não me permitem mais, há muito tempo, ficar sentado em um sofá durante 1h por dia para olhar a televisão, na hora que a atração vai ao ar. Por isso, se eu falei alguma besteira, por favor não me crucifiquem. Mesmo assim, olhando os últimos capítulos, e alguns dos primeiros, alguns fatos chamam a atenção e vieram logo na cabeça: se fosse desse jeito seria muiito mais divertido!

Vejam só o Cortez, por exemplo, personagem do Herson Capri. O banqueiro corrupto fugiu para a Espanha, onde tem dupla nacionalidade, e foi preso ao passear na França. Ainda acho que seria muito melhor se ele fugisse para a Itália. Lá, seria pego, porém, a Itália se recusaria a extraditá-lo, já que o Brasil não quis fazer o mesmo com Cesare Battisti.

Já o Léo (Gabriel Braga Nunes), em vez de sequestrar a Marina (Paola Oliveira) daquela forma simples, poderia muito bem sequestrar o jatinho particular dela, com ela dentro. O último capítulo ficaria marcado pela seguinte tensão: o vilão ameaçando jogar a aeronave contra o prédio das empresas da avó da mocinha. Como o Pedro (Eriberto Leão) iria salvar a cena? Sei lá!

Por fim, quem matou Norma (Glória Pires)? A melhor teoria, na minha criatividade seria a seguinte. Lembra da Araci (Cristiane Oliveira), que a Norma matou na prisão? Ela tinha um tesouro, que falou para dar a sua filha. Norma roubou. Com isso, a filha de Araci, uma das personagens já existentes na trama que ninguém faria a menor ideia do atual papel, descobriria e aí sim se vingaria e mataria a vilã.

Final feliz? Previsível? Surpreendente? Só descobriremos amanhã!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O dia em que a terça-feira ficou mais longa

Parecia ser uma terça-feira normal, no entanto, o dia 9 de agosto de 2011 estava longe disso. No início, aquela velha rotina até parecia se encaminhar para o mesmo final, no entanto, o destino mudou algumas peças.

Quando o relógio marcou 20h, com as matérias de Carnaval já prontas para o dia na Rádio Tupi, me encaminhei para ir embora. Geralmente, faço parte do percurso a pé. Já estava no elevador, pronto para descer, quando o jornalista Eugênio Leal falou: "Vem comigo! Vou lá para o Centro, te deixo no metrô". E assim foi.

Quando passamos pelo viaduto da Avenida 31 de março, vemos o sentino contrário totalmente parado, com dezenas de carros de polícia. Quando olhamos para a Avenida Presidente Vargas, vemos que a pista sentido Praça da Bandeira está interditada pelos agentes. Imediatamente, acionamos a rádio e vem a informação de que um ônibus estava sendo sequestrado.

Desembarquei na Central do Brasil e, orientado pelo Eugênio e pela Paula Ranieri, produtora da Rádio, corri para ver de perto o que estava acontecendo. No local, pude constatar um verdadeiro caos. Nunca havia visto o trânsito tão terrível como naquela ocasião. Absolutamente todas as ruas do Centro da cidade, não só a Avenida Presidente Vargas como todas as paralelas e transversais, davam um nó.

Já no espaço onde tudo aconteceu e o ônibus estava parado com os reféns, recebi do Wagner Menezes, âncora do Giro Esportivo a missão de ficar por lá e reportar os fatos, junto com a repórter Renata Ximenes, que também já havia chegado. Da rádio, a equipe já estava de plantão colhendo novas informações e ajudando nas atualizações. Além disso, como membro do portal de notícias O Repórter.com, fui mantendo contato com o editor-chefe Alex de Souza, que estava de plantão, de olho nos acontecimentos.

Depois de muita tensão, bandidos presos e vítimas assustadas, o caso encerrou por volta das 23h30, quando o ônibus da viação Jurema - Praça XV-Caxias - deixou a avenida rebocado por um carro da CET-Rio.

E a noite que parecia normal, foi na verdade triste e muito movimentada. Uma pena que uma cidade tão maravilhosa como a nossa ainda passe por cenas lamentáveis como essa.

domingo, 7 de agosto de 2011

O campeonato do equilíbrio

A cada ano que passa, o Campeonato Brasileiro vai ratificando o título de competição mais equilibrada do planeta. Desde o tricampeonato seguido do São Paulo, o torneio vem atingindo um nível parelho. Na edição deste ano, o Corinthians chegou a disparar na liderança, no entanto, já perdeu forças e deu lugar a um novo líder: o Flamengo.

Apesar do clube carioca ter assegurado a posição na última rodada, o retrovisor vem cheio de equipes com capacidade real de vencer. Após um início turbulento, o São Paulo mostra bom poder de recuperação. Já o Vasco, mesmo depois de ser goleado pelo Botafogo, tem tudo para provar que o clássico foi apenas um acidente de percurso, enquanto o Palmeiras tem um técnico que pode fazer a diferença na hora do vamos ver: Felipão.

O que vai acontecer daqui pra frente? Só a bola na rede irá dizer...

domingo, 31 de julho de 2011

SORTEIO DA COPA: Itália tem o maior desafio da Europa

Se por um lado o sorteio para as Eliminatórias da Copa do Mundo pouco interessa para a América do Sul, para a Europa é praticamente um evento obrigatório. Na tarde desse sábado (30), quem esteve na bela Marina da Glória, na Zona Sul do Rio, na enorme estrutura montada especialmente para o chaveamento, viu o continente ficar fervoroso com alguns confrontos que prometem movimentar a disputa. Em crise desde a edição de 2010 do torneio, quando caiu ainda na primeira fase, a Itália precisa abrir o olho mais uma vez se não quiser um vexame pior ainda: o de nem entrar no Mundial.

GRUPO A: Croácia, Sérvia, Bélgica, Escócia, Macedônia e País de Gales

Grupo equilibrado, sem nenhuma seleção de ponta. Tirando a Macedônia, todas as nações estão no páreo, até mesmo o País da Gales, um pouco mais distante. Croácia, Sérvia e Bélgica devem lutar ponto a ponto pelo 1ª lugar. Escócia corre por fora.

GRUPO B: Itália, Dinamarca, República Tcheca, Bulgária, Armênia e Malta

Sem dúvida, a chave mais perigosa. A Itália, campeã do mundo em 2006, vem tendo problemas no processo de renovação. Além disso, Dinamarca e República Tcheca possuem equipes de alto nível, com jogadores atuando nos principais clubes europeus. A Bulgária tenta ser a zebra, com Armênia e Malta com poucas pretensões.

GRUPO C: Alemanha, Suécia, Irlanda, Áustria, Ilhas Faroe e Cazaquistão

A poderosa Alemanha não deve ter problemas para garantir a vaga direta, assim como a Suécia deve tentar a repescagem. A única que pode tentar fazer uma graça é a Irlanda, cujo futebol decaiu bastante nos últimos 13 anos.

GRUPO D: Holanda, Turquia, Hungria, Romênia, Estônia e Andorra

Depois de levar um susto em 2002, quando não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo da Coréia do Sul e do Japão, a Holanda aprendeu a lição. Na última edição do torneio, além de ficar com o vice-campeonato, ainda terminou as Eliminatórias com a melhor campanha do continente. A única pedra no sapato pode ser a Turquia, do experiente técnico Guus Hiddink. Se nada der errado, as duas passam adiante - uma vem para o Brasil diretamente e a outra depois da repescagem.

GRUPO E: Noruega, Eslovênia, Suíça, Albânia, Chipre e Islândia

Outro grupo de difícil previsão. Noruega, Eslovênia e Suíça possuem praticamente o mesmo nível. Qualquer erro será fatal para uma delas, que nem para a repescagem vai. As demais não têm a menor chance.

GRUPO F: Portugal, Rússia, Israel, Irlanda do Norte, Azerbaijão e
Luxemburgo

Dessa vez, nossos descobridores deram sorte. A equipe de Cristiano Ronaldo tem o caminho livre para a classificação direta. Já a Rússia deve ter que depender da repescagem para não ficar fora do torneio pela segunda edição seguida.

GRUPO G: Grécia, Eslováquia, Bosnia-Herzegovina, Lituânia, Letônia e Liechteinstein

Os gregos andam com sorte nas Eliminatórias. Cabeça de chave, vê no retrovisor a Eslováquia. Lituânia tenta aprontar.

GRUPO H: Inglaterra, Montenegro, Ucrânia, Polônia, Moldávia e San Marino

Inglaterra domina todas as previsões com sobras. Ucrânia e Polônia duelam pela chance na repescagem.

GRUPO I: Espanha, França, Bielorrússia, Geórgia e Finlândia

De novidade apenas o embate histórico entre duas campeãs recentes: Espanha e França. Em um grupo curto, as duas devem ter duelos intensos para definir quem vai precisar da segunda chance. Não foi dessa vez que Bielorrússia, Geórgia e Finlândia puderam vir ao Brasil jogar futebol.

domingo, 24 de julho de 2011

Militares brasileiros dão show e Brasil vence os Jogos Mundiais da Paz

Ver o Brasil em primeiro lugar é sempre bom. Vencer uma competição mundial, então, que engloba diversas modalidades esportivas, melhor ainda. Nesse domingo (24), os Jogos Mundiais Militares terminaram com um show da equipe brasileira. Nossos oficiais surpreenderam, conquistaram 114 medalhas, e terminaram as competições na posição mais alta do pódio, superando a China.

Fica a inspiração para que nossos atletas civis façam bonito nas Olimpíadas de Londres, em 2012!

Parabéns Brasil!

domingo, 17 de julho de 2011

COPA AMÉRICA: Adiós Brasil! Adiós Argentina!

Só restam Uruguai e Chile (por enquanto, jogo ainda está em andamento). Como era previsível, Brasil e Argentina ratificaram a péssima fase e caíram da Copa América ainda nas quartas de final. Muito além de simples derrotas nos pênaltis, ambos os times estão longe de uma boa preparação para a Copa do Mundo de 2014.

Muito mais grave do que perder quatro pênaltis na decisão contra o Paraguai é a carência de competições. Agora, como o Brasil não disputa as próximas eliminatórias, resta apenas a Copa das Confederações, em 2013, antes da Copa do Mundo. Nossa equipe ficará dois anos sem disputar uma partida oficial.

Outro fato que preocupa é o péssimo início de Mano Menezes. Os "do contra" ainda vão afirmar: "Mas o Felipão perdeu pra Honduras, o Dunga ganhou tudo, menos a Copa, e aí?" E aí que são casos completamente distintos.

Além de insistir com jogadores que estarão velhos em 2014: Lúcio, Elano e cia, ainda levou peças completamente equivocadas, que demonstraram claramente que estão bem distantes de uma vaga na seleção brasileira, como o caso do lateral-esquerdo André Santos. Além disso, insistiu erroneamente em Robinho e em uma formação que não se encaixa no nosso plantel: um 4-2-3-1. Vale ressaltar que Ramires , Ganso e Neymar jogaram fora da posição ideal.

E agora? Salve-se quem puder...

quinta-feira, 7 de julho de 2011

A sorte foi lançada! Veja análise da ordem de desfiles do Carnaval 2012

Se alguém ainda achava que o Carnaval de 2012 está longe, pode mudar radicalmente de ideia depois da noite dessa quarta-feira (06). Após um sorteio na Cidade do Samba, as escolas de samba do Grupo Especial carioca já sabem em que dia e posição vão desfilar na próxima folia.

Ao observar de uma forma analítica a retirada das bolinhas da urna, podemos notar posições muito diferente dos últimos anos, o que deixa a esperança por algo que fuja do habitual.

Confira a análise:

DOMINGO:
1- Renascer - Nenhuma surpresa, já que é a atual campeã do Grupo de Acesso A. Terá que surpreender se quiser continuar na elite do Carnaval;
2- Portela - Péssima posição para a supercampeã do Carnaval. O início da apresentação ainda sofre com certo preconceito de alguns jurados. Precisa abrir o olho;
3- Imperatriz - É necessário mostrar garra e energia para superar a sequência inicial;
4- Mocidade - Um tema colorido, no meio da madrugada, é um desafio. Ficou em uma ordem um pouco dolorosa;
5- Porto da Pedra - Tinha a chance de pegar a empolgação da Beija-Flor, ficando entre a nilopolitana e a Vila, no entanto, optou pela troca. Politicamente, foge do "sanduíche" de duas gigantes;
6- Beija-Flor - Mais uma vez, vibra a comunidade de Nilópolis. Melhor do que isso, apenas se fosse na segunda-feira;
7- Vila Isabel - Um desafio para a comunidade da Vila. Particularmente, acho interessante para ela mostrar a força que possui. O desafio é desfilar ao amanhecer, quem sabe até com o Sol. Rosa Magalhães sabe o que fazer.

SEGUNDA-FEIRA
1- São Clemente - Outra com posição pré-estabelecida. Só de fugir da abertura de domingo já é um avanço. Mesmo assim, tem que se superar, já que caem duas;
2- União da Ilha - Posição confortável, com a cara de Ilha. Comunidade gosta de desfilar cedo;
3- Salgueiro - Com foliões bem animados como o Salgueiro tem, agremiação nem sonha com posições abaixo da terceira, na ordem de desfiles. Está feliz da vida e tem tudo para fazer uma apresentação leve e divertida;
4- Mangueira - Outra que está contente. Gosta de "acalorar" a madrugada com a força típica de verde e rosa;
5- Unidos da Tijuca - No passado recente do Carnaval, vem preferindo a quarta ou quinta posição na ordem de desfiles. Mudou apenas o dia, o que deve dar um novo gás;
6- Grande Rio - O grande vencedor do sorteio, se é que isso existe. Está com a bola na marca do pênalti. Tem tudo para fazer o gol e sair emocionando da avenida, com a taça na mão.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Carnaval de 2012 começa oficialmente

Não está cedo! Começa hoje à noite o Carnaval de 2012. Tudo isso porque saberemos a posição em que cada escola do Grupo Especial vai desfilar.
A Rádio Tupi Carnaval Total transmite tudo, ao vivo, pela internet, em http://www.tupi.fm/aovivo/video_carnaval/default.aspx, a partir das 21h.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Uruguai é o favorito para a Copa América

Pedras voarão, no entanto, é isso mesmo. O Uruguai é o grande favorito para a conquista da Copa América. O país é o que vem mantendo a melhor regularidade, alinhando o time base da ótima campanha na Copa do Mundo.

Dona da casa, a Argentina vem logo atrás. O fator casa, inclusive, é o único que pode impulsionar nossos hermanos, uma vez que o futebol por lá anda mais tumultuado do que o daqui.

Depois dos argentinos, aí sim aparece o Brasil, no entanto, junto com o Paraguai. Cabe a dois craques do nosso futebol, Neymar e Ganso, a tarefa de carregar a nação nas costas. Mano Menzes vem decepcionando, apostando em jogadores sem expressão e em outros que fatalmente não chegarão até 2014 em grande forma - vide Robinho.

Em tese, o texto pode até ser muito bonito, porém, quando a bola rola, tudo pode acontecer. Sorte Brasil!

domingo, 19 de junho de 2011

Qualquer gato vira-lata: uma peça de teatro que não deu certo no Cinema

Existem peças de teatros que são feitas apenas no teatro e ponto final. Esse é o caso de Qualquer gato vira-lata, um sucesso estrondoso nos palcos e fracassado nos cinemas.

Além de ser totalmente sem graça, com poucos momentos de humor funcional, a atração contra com atuações abaixo da média dos protagonistas Cléo Pires e Malvino Salvador. No caso de Malvino, tudo bem que o personagem não colaborou, no entanto, a atração não faz valer o valor do ingresso e nem as horas gastas nas poltronas.

Que sabe na "Sessão da Tarde"...

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Estava engasgado! Vasco é campeão da Copa do Brasil!

Estava mesmo preso na garganta dos vascaínos, mas, o momento chegou. Não foi tarefa fácil, mas o trem-bala cruzmaltino, aos trancos e barrancos, ultrapassou as dificuldades e chegou até a tão sonhada estação Libertadores da América.

Ricardo Gomes não foi um técnico brilhante. Teve falhas e, em certos jogos, pecou na omissão e em substituições equivocadas, mas, conseguiu unir o time, passar tranquilidade ao grupo e segurar o resultado na hora que precisou.

Aos jogadores, algumas observações individuais:

Fernando Prass - Regular, não comprometeu. Como capitão, uma figura importantíssima. Possui o respeito do elenco.

Allan - A revelação da temporada. Volante, se mostrou um bom lateral-direito.

Anderson Martins - Ótimo reforço. Zagueiro de qualidade.

Dedé - Dispensa comentários. Já deveria estar vestindo a camisa da seleção brasileira.

Ramon - Superou a lesão e mostrou que pode voltar a ser o jogador de 2009.

Eduardo Costa - É o típico jogador que chamamos de "pirado das ideias". No entanto, o poder de marcação foi vital no esquema tático de Ricardo Gomes.

Rômulo - Não pode mais sair do time do Vasco. O garoto não só deu conta do recado como se fixou de vez na equipe.

Felipe - No auge da experiência, uniu a maturidade com a habilidade de um menino. Sorte do Vasco que foi reintegrado ao elenco.

Diego Souza - Começou muito mal, mas, foi crescendo no decorrer da competição. A partida contra o Avaí foi bem acima da média. Na final, não repetiu a atuação, contudo, provou que pode crescer e voltar a brilhar.

Bernardo - O garoto caiu como uma luva. Não tem nem o que falar.

Alecsandro - Surpreendeu muita gente. Mesmo limitado, mostrou bastante oportunismo e foi decisivo. De quebra, artilheiro da Copa do Brasil. Valeu a insistência do treinador.

Éder Luís - A atuação desse rapaz na finalíssima não estava nem mesmo no gibi. SENSACIONAL! Os vascaínos devem aplaudí-lo de pé e agradecê-lo por muito tempo. Mantê-lo deve ser prioridade absoluta da diretoria.

E a todos os outros jogadores, torcedores, comissão técnica, etc, etc, etc: PARABÉNS!

VASCO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL 2011!

LIBERTADORES, 2012 O TREM-BALA VAI ESTAR AÍ!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Vasco dá um bom passo rumo ao título da Copa do Brasil

Para quem achava que a tarefa seria fácil, viu que o desafio é complicado. Mesmo sem uma atuação acima da média, o Vasco venceu o Coritiba, em São Januário, na noite dessa quarta-feira (1º), e leva uma boa vantagem para o Paraná.

O time cruzmaltino pecou no nervosismo, no início do jogo, que o levou a cometer erros infantis nas trocas de passe na zona defensiva. Uma recuperação de bola, naquele momento, poderia ser fatal. Felizmente, a dupla de ataque adversária - Anderson Aquino e Bill - estava completamente apagada.

Destaque positivo para o meia Felipe. Mais uma vez, o veterano trouxe tranquilidade no momento certo para a equipe. Diego Souza e Bernardo ficaram na média, enquanto Alecsandro, apesar das limitações, mostrou ter oportunismo para marcar.

Torcedor vascaíno, está chegando a hora! Falta apenas uma estação para o campeão voltar! Libertadores é logo alí!

terça-feira, 31 de maio de 2011

O blog Rox comemora 3 anos

Amigos leitores de "O blog Rox",

É com extrema alegria que venho festejar os três anos dessa casa. A data exata aconteceu no último dia 26, porém, nunca é tarde para comemorar. Sei que cada vez menos tenho tempo de estar por aqui, em função das minhas atividades no portal O Repórter.com e na Super Rádio Tupi, mas, sempre que possível, faço disso aqui uma troca de experiências com os amigos que continuam me dando a honra de acompanhar meu trabalho e minhas reflexões.

Quem sabe o Vasco e Coritiba não façam parte das comemorações, brindando a todos nós com grandes jogos na final da Copa do Brasil.

Obrigado a todos e continuem por aqui!

Abraços,

Ralph Guichard
Autor de O blog Rox

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Os dois mais produtivos estão na final da Copa do Brasil

Vasco x Coritiba. Uma final extremamente justa. Se formos analisar toda a competição da Copa do Brasil, colocando na balança atuações convincentes e resultados, ambos os times aparecem na frente dos adversários.

Ao analisar o plantel de cada um, vemos o Vasco com ligeira vantagem. O clube carioca possui mais qualidade técnica e individual dos jogadores, além de possuir um banco de reservas que pode fazer a diferença. Por outro lado, os curitibanos apresentam consistência tática e inteligência coletiva.

Em síntese, algumas certezas devem ser ressaltadas:

1 - Teremos um campeão inédito no torneio;
2 - O título irá ressuscitar um grande time, que vinha de frequentes insucessos;
3 - Irá tirar o grito entalado da garganta de vários torcedores.

Que vença o melhor!

domingo, 22 de maio de 2011

Passadas as eleições, agora sim começa o ano para as escolas de samba

Política é sempre um assunto delicado. Não importa se no âmbito nacional, esportivo ou até carnavalesco. E foi assim nesse primeiro semestre, em diversas escolas de samba cariocas. Nesse domingo (22), acabou o suplício na Acadêmicos do Salgueiro, quando Regina Céli foi reeleita por pouco mais de 200 votos.

Passada a democracia, que é algo vital e saudável, chegou a vez de correr atrás do que realmente interessa: enredo, planejamento, reforma do regulamento na Liesa.

2012 será um ano diferente para o Carnaval do Rio. Esperamos, apenas, que mudem para melhor.

sábado, 14 de maio de 2011

Uma Copa do Brasil imprevisível

Coritiba, Ceará, Vasco ou Avaí. Quem diria, mas, um desses clubes estará na Copa Libertadores do ano que vem. No início da competição, ninguém esperava. Vale ressaltar, ainda, que até pouco tempo atrás, os quatro disputavam a segunda divisão do Brasileiro.

Todo jogo agora é uma final. Tudo pode acontecer. Vasco e Coritiba levam uma pequena vantagem, mas, pequena mesmo.

Teremos uma rápida recuperação do Coxa? A redenção do Trem Bala da Colina? Ou quem sabe uma zebra cearense? Uma tsunami do Avaí?

Façam suas apostas!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mico rouba a cena no futebol brasileiro

Publicado em 06/05/2011

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - A zebra é bicho do passado! Atualmente, quem vem botando banca é o mico. Foi assim com o Inter de Falcão, o Fluminense de Enderson Moreira - quem??? -, o Cruzeiro de Mestre Cuca e o Grêmio de Renato Gaúcho.

Você vai ouvir, ainda, nesta edição do Linha de Impedimento:

- Vice de novo? É o Vasco? O Botafogo? Não, é a Patrícia Amorim;

- Descubra quem leva o Golaço e o Frangaço da semana!

domingo, 1 de maio de 2011

Clubes do Rio ainda estão longe da perfeição

Ser perfeito é uma tarefa praticamente impossível para clubes de futebol. Alguns, no entanto, chegam perto do objetivo. Aqui no Rio, no entanto, os quatro grandes estão longes de uma preparação ideal para o Campeonato Brasileiro.

FLAMENGO - Apesar de campeão carioca invicto, o rubro-negro não fez sequer uma grande partida neste ano. Todas foram extremamente regulares e com atuações apagadíssimas da principal contratação: Ronaldinho Gaúcho. O time carece na parte defensiva. A zaga é fraca e, com exceção de Leonardo Moura, não existem laterais. No ataque, Deivid deve pegar o primeiro bonde rumo à dispensa.

VASCO - Ainda passa longe de se tornar decente. O primeiro turno do Carioca foi uma ofensa todos os vascaínos. No segundo, apesar de ter crescido, pecou em erros táticos e técnicos. Alecsandro deve pegar o primeiro trem-bala de volta para o Rio Grande do Sul. Diego Souza, se mantiver essas atuações, deve tomar o mesmo destino. O treinador é fraco para os desejos cruzmaltinos.

BOTAFOGO - Errou ao perder o Joel Santana. O time sempre foi limitado, mas, Natalino fazia milagres. Se quiser evitar o rebaixamento, precisa contratar urgentemente, principalmente um zagueiro, dois laterais, dois meias e um atacante.

FLUMINENSE - Enderson Moreira vem supreendendo. O time, no papel, também é notável. No momento, apesar dos problemas, é o melhor do Rio e o aquele que tem mais chances no Nacional. O ataque com Fred e Rafael Moura vem funcionando bem. Carece de um goleiro, já que Ricardo Berna não é nem um pouco confiável.

Linha de Impedimento 04

terça-feira, 26 de abril de 2011

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Técnico do Flu perdeu ao jogo ao tirar o He Man

Enderson Moreira falhou. Em um Fla-Flu onde o tricolor carioca levava a melhor até boa parte do jogo, a partida começou a inverter em uma substituição errada do técnico Enderson Moreira. Ao tirar Rafael Moura, substituição que ele vem fazendo com frequência, acabou o ataque do Fluminense. A equipe passou a não render mais.

Para piorar a situação, coube ao jovem Tartá, o substituto do He Man, perder o pênalti decisivo.

No próximo domingo, Flamengo e Vasco decidem a Taça Rio. Sem Leonardo Moura, o rubro-negro se mostrou completamente desfigurado, mais ainda do que sem Ronaldinho Gaúcho. Por outro lado, o Vasco só começa a render no segundo tempo, quando Ricardo Gomes lança o jovem Bernardo. Em síntese: tudo pode acontecer!

sábado, 23 de abril de 2011

São Jorge: mais do que um santo, uma bela história

Há alguns meses, enquanto aguardava o término de uma reunião no gabinete de um vereador daqui do Rio para fazer uma reportagem, conheci na sala de espera um produtor de cinema. Papo vai e papo vem, ele me conta que está produzindo um filme sobre São Jorge e, que de religioso, não tem absolutamente nada. São Jorge, o Santo Guerreiro, um dia já foi um homem, um soldado romano, com uma bela história.

O filme, ainda está em produção e promete estrear no ano que vem. Por isso, não vou antecipar parte dessa história fantástica, deixando para esse rapaz que conheci e sua equipe esta missão.

Agora, uma coisa é certa: ser venerado por religiões tão distintas, como a Umbanda, o Catolicismo, o Anglicanismo, entre outras crenças, não é para qualquer um.

Salve Jorge!

sábado, 16 de abril de 2011

3D Rio: o filme que vale o preço do ingresso

Tudo bem, confesso. Não queria assistir 3D Rio. Os motivos, porém, eram nobres. Como um bom salgueirense, fiquei traumatizado com o campeonato jogado no lixo pela minha escola, cujo enredo era inspirado na animação. Passado o tempo, porém, fui salvo por um vídeo no YouTube, que me fez mudar de ideia e me deixou apreciar essa grande obra prima.

O filme é leve, divertido, com um roteiro bastante interessante e uma direção impecável do carioca Carlos Saldanha. Vale ressaltar, ainda, a trilha sonora de muito bom gosto, predominada pelo samba, é claro, com toques de bossa nova e até o rap.

3D ou não, vale a pena assistir. Eu recomendo. Uma pena que o Oscar 2012 esteja tão longe e, provavelmente, até lá, outras animações tão boas quanto devem surgir para levar a estatueta.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

PODCAST: Love pode voltar ao Fla; Ricardinho mais perto do Botafogo

Com a estreia abafada pela chacina de Realengo, o podcast "O Repórter Esportivo" começa a despontar. Nesta segunda edição estão presentes os principais destaques do futebol nacional e internacional. Confira os destaques:

Flamengo: Love pode voltar;
Botafogo: Meia Ricardinho pode ser o novo reforço;
Vasco: Clube negocia troca de jogadores com o ABC-RN;
Fluminense: Silêncio na Laranjeiras; Jogadores se recusam a falar com a imprensa;
Liga dos Campeões: Real Madrid e Barcelona devem fazer clássico na semifinal.

Escute:

domingo, 10 de abril de 2011

Uma querida nação volta a chorar

Mais uma vez, um gigante chorou. Sim, gigante. Uma vez grande, sempre grande! Novamente, o amado America-RJ sofre as consequências de uma desastrosa administração, que o levou para a segunda divisão do Cariocão.

Em apenas quatro meses, três diferentes presidentes e quatro distintos treinadores. O retrato de algo que tinha tudo para dar errado, e deu. Jogadores de pouca expressão, condições de treinos e jogos precárias, esportes amadores abandonados. Infelizmente, essa é a realidade.

Agora, não resta outra opção ao clube mais querido do Rio (nunca conheci alguém que não gostasse do Mequinha), a não ser recomeçar mais uma vez.

America, unido vencerá!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Sem palavras

O dia tinha tudo para ser de festa, mas, pelo segundo ano consecutivo, o aniversário do www.oreporter.com calhou de acontecer em meio a um cenário de terror e crueldade. A estreia da Linha de Impedimento e o primeiro O Repórter Esportivo acabaram completamente apagados, em meio ao caos.

Não existem palavras para descrever a tristeza desse momento. Força, Realengo!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

segunda-feira, 4 de abril de 2011

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Não quero mais saber de Carnaval

Acabou. É definitivo. Não quero mais saber de Carnaval. Também não quero mais saber de esportes, principalmente o futebol. Estudar? Trabalhar? Pra quê? Vou virar Hare Krishna e viver de meditação, ouvindo apenas Calypso.

Sim, primeiro de abril!

domingo, 27 de março de 2011

Vende-se aplicação de repelente

Parece mesmo que a dengue chegou pra valer no Rio de Janeiro. Nesse domingo (27), em meio a um dia ensolarado, quem passava na porta do Itanhangá Golf Club, na Barra da Tijuca, se deparava com uma camelô. Mas, qual é o problema nisso? É a coisa mais normal do Rio! O diferencial ocorria na mercadoria "vendida" pela senhora.

Em um papel branco A4, escrito com uma caneta azul, colado em um isopor, estavam os seguintes dizeres:

"Aplica-se repelente".

É a criatividade do carioca, que vai se virando como pode para ganhar a vida. Vale até contar com a ajuda do mosquito...

quinta-feira, 24 de março de 2011

Sete



Não vou negar, prefiro o 9, mas, desta vai ser um sete! Dia 7 de abril, o dia da afirmação!

Aguarde...

www.oreporter.com

Informação de verdade na internet! Dia 7, mais do nunca...

segunda-feira, 21 de março de 2011

Vaga de emprego: procura-se técnico no Fluminense

Levir Culpi? Adilson Baptista? Gilson Kleina? Depois de muito procurar, o Fluminense ainda não encontrou o novo treinador. Como está tão difícil conseguir um novo nome e ninguém está aceitando o cargo, decidi me colocar à disposição do tricolor. Segue abaixo o meu currículo no FM (Football Manager):

- Campeão sul-matrogrossense pelo CENE com 100% de aproveitamento;

- Campeão da Série C com o Madureira;

- Campeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira;

- Campeão da Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

Será que tenho chances?

Salvem o campeão brasileiro...

domingo, 13 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

O Carnaval do Rio regrediu

Infelizmente, não me restam muitas palavras nesse momento. O cansaço já começa a bater e a decepção com o Carnaval vai aumentando cada vez mais. São vários os motivos, que vão de pessoais e profissionais ao nível do espetáculo, que foi o mais fraco que já vi, entretanto, os resultados dos grupos Especial e de Acesso selam uma competição que foi, no mínimo estranha. Já falei muito pelo Twitter, mas, só para complementar, nem se o Salgueiro tivesse feito um desfile perfeito, sem problema na entrada de nenhum carro, ele venceria o Carnaval.

Depois de dois anos com vencedores justos e indiscutíveis, voltamos à estaca zero. Será que a Beija-Flor mereceu mesmo esse título?

Prefiro ficar por aqui...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Troféu O blog Rox 'Os melhores do Carnaval 2011'

VENCEDORES:

MELHOR ESCOLA - Unidos da Tijuca
MELHOR INTÉRPRETE - Ito Melodia (União da Ilha)
MELHOR BATERIA - Mangueira
MELHOR CONJUNTO DE FANTASIAS - Salgueiro
MELHOR CONJUNTO DE ALEGORIAS - Unidos da Tijuca
MELHOR SAMBA-ENREDO - Salgueiro
MELHOR ENREDO - Unidos da Tijuca
MELHOR COMISSÃO DE FRENTE - Unidos da Tijuca
MELHOR CASAL DE MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA - Julinho e Rute (Vila Isabel)

terça-feira, 8 de março de 2011

Unidos da Tijuca será bicampeã do Carnaval

Pode ser que eu erre? Sim, pode, porém, não fico em cima do muro. Se nada de diferente acontecer na apuração, a quarta-feira de Cinzas vai anunciar a Unidos da Tijuca como a bicampeã do Carnaval do Rio. A escola não fez um desfile brilhante, no entanto, foi beneficiada pelo vexame histórico do Salgueiro, que tinha o título em mãos e o jogou na lata do lixo. Forte emocionalmente, porém, aquém das expectativas em fantasia e comissão de frente, além de ter cometido erros primários, a Beija-Flor ainda pode aprontar alguma coisa. Com um desfile técnico e nada mais, a Unidos de Vila Isabel corre por fora.

Infelizmente, de forma decepcionante, no geral, os desfiles de 2011 foram os mais fracos que já acompanhei na minha vida. Além do incêndio na Cidade do Samba, as escolas tropeçaram nas próprias pernas, empurrando o título para escanteio. É bem verdade que a apresentação da Tijuca não foi perfeita e arrebatadora como em 2010, no entanto, a comissão de frente conseguiu exibir outra saída interessante. O chão da escola também não saiu como nos ensaios técnicos, mas, mesmo assim, conseguiu agradar. Já as alegorias e fantasias de Paulo Barros, essas dispensam comentários. Brilhantes.

Com garra e rodeada de personalidades, a Beija-Flor era aguardada com ansiedade pelo público. Erros primários, entretanto, afastam a nilopolitana do favoritismo. No início do desfile, a escola simplesmente esqueceu o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Claudinho e Selmynha Sorrizoz, que entrou na Avenida em cima do laço. Isso não faz com que a escola perca pontos, todavia, reflete o momento confuso que ela passava. Outro ponto a ser ressaltado é que centenas - sim, eu disse centenas, e não dezenas - de componentes maiores de idade cruzaram a Passarela do Samba com crachás de idenficação da ala por cima da fantasia. Além disso, a plasticidade das roupas deixou a desejar, enquanto o carro de número seis, que representava a preservação da natureza, era bem semelhante ao abre-alas. O público do setor 1, considerado o termômetro da Avenida, não vibrou como era aguardado.

Se não fossem a falta de comunicação com o público, a estranha comissão de frente e a forma batida como o samba-enredo rendeu na Sapucaí, a Unidos de Vila Isabel também estaria no páreo. A escola apresentou fantasias de extremo bom gosto, com carros alegóricos bem detalhados, no estilo Rosa Magalhães na melhor forma, multiplicado por três em tamanho e dimensão.

Já o Salgueiro foi a grande decepção, não só do ano, como das últimas duas décadas. A vermelha e branca mostrou um chão como há muito tempo não surgia, colocando as cordas vocais para fora da garganta, de tanto cantar, e vibrando de forma memorável. Comissão de frente e casal de mestre-sala e porta-bandeira passaram muito bem, mas, tudo foi por água abaixo, ou melhor, por carros abaixo. É absolutamente normal que um ou dois carros apresentem problemas, contudo, defeito em todos os carros soa no mínimo estranho. O que diminuiria na beleza das alegorias se elas tivessem menos um metro de largura? Uma vitória tranquila totalmente desperdiçada na esquina entre as Avenidas Presidente Vargas com Marquês de Sapucaí.

Em síntese, o Carnaval do Rio é e continua sendo a maior festa popular do Mundo. Não resta outra opção aos sambistas e dirigentes a não ser levantar a cabeça e repensar novas formas de organizar e projetar a folia. Desfile de escola de samba só tem a cada doze meses e envolve áreas que vão da limpeza à engenharia. Salvem o nosso Carnaval!

sábado, 5 de março de 2011

Aviso de mudança - Novo endereço

Comunico aos amigos que, desde ontem, estou em nova residência. Segue o endereço para ninguém perder contato:

Avenida Marquês de Sapucaí, s/n, Centro. Também conhecida como Passarela do Samba ou Sambódromo.

Você fica por dentro dos bastidores e recebe a notícia das escolas em primeira mão pelo http://www.tupi.am/canais/tupi-carnaval-total/.

Válido até o sábado das campeãs.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Respeitem a Unidos de Vila Isabel! Escola vence o Troféu O blog Rox de ensaios técnicos

Muito respeito à azul imperial! De forma surpreendente, em função do último ensaio técnico arrasador, a escola do bairro de Noel, que neste Carnaval vai fazer uma homenagem ao cabelo, deixou para trás antigos favoritos, como Beija-Flor e Salgueiro e conquistou o simbólico título. Logo atrás, na cola, ficou a atual campeã do Grupo Especial, a Unidos da Tijuca, com dois ensaios irretocáveis. No Grupo de Acesso, a Viradouro deu um show e sobrou na Avenida.

Lembrando que apenas o melhor ensaio de cada agremiação é levado em conta. Os quesitos analisados são Harmonia, Evolução, Bateria e Mestre-Sala e Porta-Bandeira.

Confira a classificação final, completa:

1 - Vila Isabel
2 - Unidos da Tijuca
3 - Beija-Flor
4 - Salgueiro
5 - Grande Rio
6 - União da Ilha
7 - Mangueira
8 - Mocidade
9 - Imperatriz
10 - Portela
11 - Porto da Pedra
12 - São Clemente


Grupo de Acesso A

1 - Viradouro
2 - Inocentes de Belford Roxo
3 - Estácio de Sá
4 - Império da Tijuca
5 - Rocinha
6 - Renascer
7 - Caprichosos de Pilares
8 - Alegria da Zona Sul
9 - Cubango
10 - Império Serrano
11 - Santa Cruz

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O discurso do súdito

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer aos amigos pela confiança em minhas apostas. A todo o pessoal do Twitter, Facebook e todas as mensagens de apoio que recebi por aí depois de ter acertado, mais uma vez, os principais prêmios do Oscar. A quem duvidou e discordou, o meu muito obrigado também. Se todos tivessem a mesma opnião, não haveria o debate de ideias e, assim, o mundo seria realmente muito chato.

Acertar em menos de um ano duas das mais difíceis apostas não é algo fácil. Sinceramente, não sei o que foi mais complicado: cravar o campeão, o vice, e a fase em que o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo, ou ainda as três principais estatuetas, mais o número de prêmios do maior vencedor do Oscar.

Apesar de ter começado a minha carreira jornalística no Esporte e, hoje, estar mais perto do Carnaval, já tive a minha fase crítico de Cinema, ao ver minha obra publicada na coluna "O Bonequinho viu", do Jornal O Globo, um dos principais do país. Na época, rasguei elogios ao filme nacional "Orquestra dos Meninos". De lá até aqui passaram-se anos, mas, é bom ver que um pouco do conhecimento ainda foi preservado.

Falando do filme em si, "O discurso do rei" é simplesmente brilhante, uma produção antológica. Quem ainda não assistiu, corra ao cinema mais próximo. Aliás, olha a contradição: quando fui ao cinema para assistí-lo, me deparei com uma sala praticamente vazia enquanto a sessão ao lado, com o filme "Bruna Surfistinha", estava lotado. Com todo respeito à Bruna, que eu inclusive, ainda não assisti, mas, lembro de na hora ter comentado: "Céus, que contradição! O melhor filme do ano, que vai ganhar o Oscar, vazio, enquanto o ao lado está lotado!".

Desculpem-me pelo desabafo, mas, em um meio onde somos extremamente cobrados e onde nossos pontos fracos são muito mais ressaltados e avaliados do que as qualidades, é muito bom estar com a razão e acertar.

Depois do discurso desse súdito que vos fala, não percam tempo e assistam "O discurso dorei"!

sábado, 26 de fevereiro de 2011

E o Oscar vai para...

Acontece neste domingo (27) a maior festa do cinema mundial: o todo poderoso Oscar. Dentre tantos indicados e produções de qualidade, o grande destaque deve mesmo ser o filme "O discurso do Rei". Baseado em uma história real, o filme alia um roteiro brilhante, com atuações impecáveis e um enredo inteligente. Com sobras, o melhor filme do ano.

Vale ressaltar que Cisne Negro, bastante comentado, deixa muito a desejar. O roteiro é confuso e totalmente previsível. As cenas, dramáticas demais, totalmente exageradas. Quem se salva é Natalie Portman, com uma atuação impecável.

Por fim, Rede Social é uma agradável surpresa. O filme tem um tema totalmente diferente do habitual, além de abordar um assunto contemporâneo com bastante maestria.

Apesar de não ter assistido todos os indicados, já é possível ter uma ideia do que a Academia vai eleger. "O discurso do Rei" deve levar, pelo menos, quatro estatuetas. Confira minhas apostas:

Melhor filme: “O discurso do rei”
Melhor ator: Colin Firth – “O discurso do rei”
Melhor atriz: Natalie Portman – “Cisne negro”
Melhor ator coadjuvante: Geoffrey Rush “O discurso do rei”
Melhor roteiro original: “O discurso do rei”
Melhor roteiro adaptado: “A rede social”

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Polêmica: Vila Isabel assume a ponta no Troféu O blog Rox de ensaios técnicos

Sim, sei que vai ser polêmico, mas, é o que eu penso. Depois do ensaio técnico arrasador e surpreendente do último domingo (20), a Unidos de Vila Isabel chegou à liderança do simbólico Troféu O blog Rox de ensaios técnicos. Lembrando que é avaliado apenas o melhor treinamento das escolas do Grupo Especial. O mais fraco é descartado. Dessa forma, o ranking parcial fica assim:

Grupo Especial

1 - Vila Isabel
2 - Unidos da Tijuca
3 - Beija-Flor
4 - Salgueiro
5 - Grande Rio
6 - União da Ilha
7 - Mangueira
8 - Mocidade
9 - Portela
10 - Porto da Pedra
11 - São Clemente
12 - Imperatriz

Grupo de Acesso A

1 - Viradouro
2 - Inocentes de Belford Roxo
3 - Estácio de Sá
4 - Império da Tijuca
5 - Rocinha
6 - Renascer
7 - Caprichosos de Pilares
8 - Alegria da Zona Sul
9 - Cubango
10 - Império Serrano
11 - Santa Cruz

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Troféu O blog Rox de Ensaios Técnicos - Parcial

Reta final de preparação. Muitas escolas já ensaiaram na Sapucaí. Faltam poucos resultados!

Confira o ranking parcial:

Grupo Especial

1 - Unidos da Tijuca
2 - Beija-Flor
3 - Salgueiro
4 - Grande Rio
5 - União da Ilha
6 - Vila Isabel
7 - Mangueira
8 - Mocidade
9 - Portela
10 - Porto da Pedra
11 - São Clemente
12 - Imperatriz

Grupo de Acesso A

1 - Viradouro
2 - Estácio de Sá
3 - Império da Tijuca
4 - Rocinha
5 - Renascer
6 - Caprichosos de Pilares
7 - Alegria da Zona Sul
8 - Cubango
9 - Império Serrano
10 - Santa Cruz

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Nunca senti tanta vergonha de torcer pelo America-RJ

Confesso, não nasci America, mas, me tornei americano. Tudo começou em 2005, quando o ainda jogador de basquete Ralph se transferiu para o America e por lá ficou até encerrar a prematura carreira. O carinho da torcida e o ambiente no clube era tão bom que acabei me tornando um torcedor do America até os dias de hoje. Esse carinho, no entanto, se vê cada vez mais abalado, na medida em que o clube insiste em envergonhar os amantes rubros.

Não é de hoje que a situação da instituição America se vê falindo. O problema é tão sério que vem se estendendo desde a última administração. O problema maior é que, em vez de melhorar, acaba conseguindo piorar. A derrota do time de futebol nesse sábado (12) frente ao fraco elenco do Vasco da Gama é o retrato do descaso. Se eu estou extremamente envergonhado, imaginem então a Tia Ruth, torcedora-símbolo do Mequinha, apaixonada pelo clube, como está com os 9 a 0?

Alô, Romário! Agora que virou político, chegou a hora de ajudar um pouco o time também!

Quanto ao elenco, não tem solução diferente de dispensar todo mundo e recontratar 25 jogadores - como eu costumo fazer quando jogo com o America no Football Manager.

E nesse sábado, o sangue passou longe, muito longe do "Sangue". Pobre America...

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

O dia em que o mundo do samba chorou

Segunda-feira, 07 de fevereiro: o dia mais triste da história do Carnaval do Rio. As notícias relativas ao regulamento da Liesa, como ficam as escolas e etc ficam para as rádios, emissoras de TV e portais de notícias. Neste caso, recomendo a Rádio Tupi e o portal O Repórter.com. Aqui neste post me limitarei a contar os bastidores da cobertura dessa tragédia.

Tudo começou de manhã bem cedo. Depois de ir dormir às 4h da manhã, ainda com a adrenalina da cobertura do ensaio técnico de domingo (07), acordo com o telefone tocando por volta das 7h30. Quando olho para o visor me deparo com o nome de "Eugênio Leal", meu coordenador na Rádio Tupi.

- Fala Eugênio -, atendi.
- Ralph, estava dormindo?
- Já ia me levantar, diga aí!
- Beleza. Então levanta, vai tomar um banho, se arruma e vai pra rádio. Está pegando fogo na Cidade do Samba. Está lambendo tudo. Barracões da União da Ilha, da Grande Rio, da Portela... Está destruindo tudo.

Nesse momento, com o choque, despertei de vez. A primeira coisa que me veio à cabeça foi: não! A União da Ilha! Estava tudo pronto, não pode ser!

Depois de tomar um banho correndo e sair a passos largos pela rua, fui começando a tentar prever os prejuízos, não financeiros, mas, emocionais que aquilo iria causar. E não deu outra.

Já na Cidade do Samba, o desafio da profissão. Ao mesmo tempo em que nos sentimos totalmente arrasados ao vermos amigos e profissionais aos prantos por terem perdido todo o trabalho de um ano inteiro, somos obrigados a manter um semblante sóbrio, entendendo a dor do companheiro, mostrando solidariedade, mas, atentos para os acontecimentos ao redor e com o dever de buscar depoimentos, entrevistas de teor diferenciado e de bom conteúdo jornalístico. É esse o desafio do Jornalismo, que move o bom profissional e traz credibilidade ao trabalho.

Por lá, o que mais se chama a atenção é o clima de ajuda entre as agremiações. Um dos componentes da Comissão de Carnaval da Vila Isabel, por exemplo, Junior Schall, era um dos líderes do movimento. Ele, Ricardo Fernandes, da Unidos da Tijuca, e representantes de praticamente todas as escolas trabalhavam incessantemente na retirada das alegorias, como se suas escolas fossem as atingidas.

O resto do dia no trabalho? Só está terminando agora, por volta da meia-noite, quando termino de escrever esse post. À tarde, reportagens, edição, produção e programa ao vivo na Rádio Tupi Carnaval Total.

Em síntese, são incalculáveis os prejuízos - financeiros e, principalmente, emocionais. O fato é que o Carnaval de 2011, sem dúvida, não será o mesmo. A todos os integrantes da Grande Rio, da União da Ilha e da Portela, não resta outra coisa a desejar que não seja FORÇA! A garra dos componentes, apaixonados por samba e Carnaval, com certeza farão a diferença.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Troféu O blog Rox de Ensaios Técnicos - Fim do 1º turno

Acabou o primeiro turno. Segue como terminou a primeira etapa do troféu:

1 - Unidos da Tijuca
2 - Beija-Flor
3 - Salgueiro
4 - Grande Rio
5 - Vila Isabel
6 - Portela
7 - União da Ilha
8 - Porto da Pedra
9 - Mangueira
10 - Mocidade
11 - Imperatriz
12 - São Clemente

Acesso

1 - Viradouro
2 - Rocinha
3 - Renascer
4 - Caprichosos de Pilares
5 - Alegria da Zona Sul
6 - Cubango
7 - Santa Cruz

sábado, 29 de janeiro de 2011

Vasco: tenho pena do meu avô

Lembro como se fosse ontem do meu tempo de infância. Quando estava conhecendo o futebol, meu avô utilizou todos os argumentos possíveis para me transformar em vascaíno. Jornalista esportivo renomado e de sucesso na carreira, Luiz Fernando Vassallo Guichard manteve toda a sua jornada de trabalho sem deixar escapar o clube de seu coração. Com amigos e bons relacionamentos em praticamente todos os times cariocas, havia, inclusive, quem afirmasse: Luiz é tricolor! Botafoguense! Flamenguista! Engano de todos. Logo depois de aposentado, meu avô vestiu de vez a camisa, torcendo com convicção pelo Clube de Regatas Vasco da Gama.

Tudo bem, admito, por vezes ele exagera. Às vezes, com apenas 10 minutos de um jogo de estreia, ele já começa a xingar determinado jogador: "É um perna de pau! Uma porcaria! Não pode vestir a camisa do Vasco". Porém, uma coisa é certa: com toda a experiência adquirida depois de seis Copas do Mundo, não existe um cidadão ainda vivo que possa desafiá-lo a dizer que não entende de futebol.

Pois bem. Ao olhar a situação atual do Vasco, dentre tantas coisas que me magoam nisso tudo, a mais dura é analisar os fatos e chegar a conclusão de que, em 77 anos de vida, meu avô jamais presenciou uma situação tão grave quanto essa na Colina. Segundo o mesmo relata, nunca viu um conjunto tão desastrosos: presidente passivo, diretoria incapaz, departamento médico inoperante, departamento jurídico fraco, departamento de Esportes Olímpicos acabando justamente com os Esportes Olímpicos, departamento de futebol que só contrata jogador ruim e, por fim, finalmente, um time de futebol ridículo.

A demissão do técnico PC Gusmão e o afastamento dos jogadores Felipe e Carlos Alberto foi apenas um começo. O que deve acontecer agora, caso ainda haja alguma perspectiva, é continuar com a faxina. Jogadores como Jefferson, Enrico, Marcel, Cesinha, Jadson Vieira e cia não têm a menor condição de vestir a camisa cruzmaltina. Além deles, outros que possuem técnica, mas, estão insatisfeitos e fazendo corpo mole devem imediatamente deixar São Januário. Vale ressaltar que o técnico contratado não pode ser do mesmo nível ruim do antecessor. Espera-se, no mínimo, um profissional capaz de armar bem o elenco taticamente, escolhendo os melhores reforços e sabendo incentivar os atletas em campo.

E nisso tudo, o que mais me deixa frustrado é ouvir, todos os dias da voz do meu avô, que esse time é uma vergonha. Será que, um dia, meu avô ainda vá conseguir ver um Vasco vitorioso, competitivo e campeão? Ou será, pelo menos, que eu ainda vá conseguir isso?

Pobre Luiz Fernando... Pobre Ralph... Pobre Vasco...

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Troféu O blog Rox de Ensaios Técnicos

Isso mesmo! Depois do Troféu O blog Rox de Os melhores do Carnaval, o louco autor do espaço resolveu criar o representativo Troféu O blog Rox de Ensaios Técnicos. Serão duas vencedoras: uma escola do Especial e outra do Acesso. O critério é simples: vence aquela que realizar o melhor ensaio técnico, no conjunto da obra. Serão levados em conta pelo júri - o autor do blog - canto da comunidade; bateria; casal de mestre-sala e porta-bandeira; empolgação; entre outras particularidades.

Segue abaixo o ranking parcial, com as escolas que já se apresentaram na Avenida Marquês de Sapucaí:

1 - Unidos da Tijuca
2 - Salgueiro
3 - Grande Rio
4 - União da Ilha
5 - Mangueira
6 - Mocidade
7 - Imperatriz
8 - São Clemente

Acesso

1 - Viradouro
2 - Rocinha
3 - Renascer
4 - Caprichosos de Pilares
5 - Alegria da Zona Sul
6 - Cubango

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Metrô Uruguai: a forma mais fácil de jogar fora R$ 200 milhões

Muitas coisas marcaram a minha não tão distante assim infância no Rio de Janeiro: esportes, bolinha de gude, futebol de botão, metrô na Rua Uruguai... Metrô na Rua Uruguai? Pois é. Desde que me entendo por gente ando pelas ruas da Tijuca e ouço meus tios e avós comentando: sabia que vai ter metrô na Uruguai? Passados quinze anos, finalmente, vamos ter o transporte chegando ao local - ou não?

Ao receber a notícia do início das obras nessa terça-feira (18), logo me propus a buscar o local da nova estação, afinal de contas, não me vem à memória algum lugar ao longo da rua que pudesse abrigar tal espaço. Quando vou olhar, eis que surge a surpresa: o espaço escolhido foi, na verdade, a esquina entre as ruas Conde de Bonfim e José Higino, bem longe da rua que leva o nome da estação e, segundo o Google Maps, a menos de 800 metros de distância do terminal Saens Peña. Ou seja, atualmente, a pessoa que mora nas imediações da futura estação precisa apenas saltar na praça e caminhar durante 10 minutos ou, se preferir, ficar menos de três minutos dentro de um ônibus de integração.

Segundo o Governo do Estado, o custo total da construção do elefante branco vai custar cerca de R$ 220 milhões. Enquanto isso, milhares de pessoas estão desabrigadas e passando fome na Região Serrana.

Pobre cidadão carioca...

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A esperança em meio à tragédia da Região Serrana

Quarta-feira, 12 de janeiro. A Região Serrana amanhece em meio à pior catástrofe de sua história. Em uma das cidades mais atingidas pelas fortes chuvas, Teresópolis, tristeza, desespero e pânico se misturam no coração de praticamente toda a população. No Centro da cidade, felizmente, as consequências foram pequenas, porém, o reflexo do terrível acontecimentos que removeu diversos bairros do mapa é inevitável.

A alguns quilômetros do olho do Furacão, em um tradicional condomínio da Várzea, começam a surgir as notícias. Até o momento, todos os funcionários estão bem. Dois ligam avisando que não vão poder chegar ao serviço, já que não existe transporte público naquela altura. Bem, pelo menos, todos estão bem, não? Não! Falta um. O simpático e sempre sorridente porteiro do turno da tarde do Bloco B, chamado carinhosamente por todos de Seu Lessi, está desaparecido, sem mandar sinais de vida. Para piorar a situação, chega a notícia de que o lugar onde mora, o Caleme, foi o mais afetado pela enxurrada, não sobrando quase nenhuma casa em pé. Quase...

No dia seguinte, a tensão continua. Todos querem saber o paradeiro do porteiro que, depois de quinze anos trabalhando no edifício, já deixou de ser um simples porteiro há muito tempo, tornando-se um amigo de todos. Até que, o valente zelador Zé Maria toma a decisão que mudaria a história daquele prédio: "Vou atrás do Lessi!".

Depois de pegar o carro, Zé parte em direção ao Caleme. A chegada ao local é tensa, já que a área está toda destruída e isolada, com pontes e estradas partidas. De repente, eis que o zelador avista algo que o chama a atenção: todas as casas estão ao chão, com móveis e eletrodomésticos espalhados por toda a superfície que ainda resta. A exceção de tudo isso é uma pequena residência de tijolos, que ainda ameaça cair, com diversos corpos encostados pelas laterais. Em seguida, mirando para a casa que ficou de pé, o nervosismo dá lugar à esperança. Seu Lessi, o porteiro que jamais tira o sorriso do rosto, está sentado, ao lado da família. Todos estão bem.

Encerrado o resgate, Zé Maria coloca Lessi com esposa e filhos no carro. Destino? Jardim Meudon, outro bairro de Teresópolis, onde todos vão ficar em segurança, na casa de familiares. Assim, como Seu Lessi, milhares de moradores de toda a região tentam se reerguer em meio ao caos. Casa, móveis e aparelhos eletrônicos o trabalho compra outros, mesmo que demore anos para isso, mas compra. Já a vida preservada, não tem preço.

E nesse dia, nem mesmo o sorridente porteiro pôde sorrir.

Força Terê!

OBS: Essa crônica, baseada em fatos reais, é dedicada à minha querida Teresópolis, cidade onde praticamente cresci e passei momentos marcantes na história da minha vida.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Força Terê!



É com muita tristeza e preocupação que acordei na manhã dessa quarta-feira (12), liguei a TV, e assisti a imagens de total destruição de diversas regiões da minha querida Teresópolis. Ao olhar casas totalmente destruídas, áreas alagadas e pessoas desabrigadas, imediatamente voltou à minha memória lembranças do Morro do Bumba, em Niterói, em abril do ano passado.

Fica a minha solidariedade à família das vítimas e torcida para que a situação melhore em toda a Região Serrana.

Força Terê, Friburgo e Petrópolis!

sábado, 8 de janeiro de 2011

Ronaldinho e Assis estão brincando de jogar FM



Parabéns presidente Paulo Odone! A desistência do Grêmio pela contratação do ex-jogador em atividade Ronaldinho Gaúcho demonstra uma atitude corajosa e extremamente acertada. R10 e o irmão-empresário-aspirante-à-comediante Assis, estão brincando de jogar Football Manager, enquanto comprometem o planejamento de pelo menos três grandes clubes brasileiros que estão interessados em contar com o atleta.

Enquanto o tempo passa, samba, churrasco, samba, churrasco, samba, cerveja. E ainda tem gente por aí que se arrisca a definir uma data de estreia para o meia no Flamengo.

Pobre futebol brasileiro...

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O filme Ronaldinho Gaúcho


Já está chato, ou melhor, já está um "porre", literalmente falando, com o perdão do palavriado. A novela envolvendo Ronaldinho Gaúcho já virou um verdadeiro filme longa-metragem, daqueles com roteiro fraco e totalmente previsíveis. Flamengo, Grêmio e Palmeiras garantem que já acertaram com o atleta. Das duas uma: Assis vem enrolando todo mundo para, no fim, acertar com um quarto time, ou todos estão bastante iludidos.

No final, ainda é bem provável que R10 não renda absolutamente nada dentro de campo.

Pobre torcedor brasileiro...