terça-feira, 29 de junho de 2010

Jornalistas apostam em classificações de Brasil e Argentina; Eu não

No "O Repórter bate bola" dessa segunda-feira, jornalistas apostam que Brasil e Argentina vão passar de fase. Eu já discordo. Confira:


Torcendo para a profecia não se concretizar

Antes mesmo da Copa do Mundo começar, no período de chutes e apostas, cravei na seguinte situação: Brasil cai nas quartas de final para a Holanda. Agora, nas quartas de final, eis que nos deparamos com o próprio adversário "suquinho de laranja".

É lógico que estou torcendo veementemente para a minha profecia não se concretizar. Acho que nunca torci tanto, inclusive, para que um palpite meu estivesse errado, como agora, porém, confesso que morro de medo da Holanda.

Com um time bastante equilibrado e inteligente, os holandeses estudam bem os adversários no começo do jogo, não se arriscando desnecessariamente. Depois, parte para tentar o gol e matar o jogo, abusando da velocidade de van Persie e Kuyt e da habilidade de Robben e Sneijder. Uma vez que o gol saia, o time passa a só administrar o resultado, se arriscando muito pouco na frente novamente. Caso isso aconteça, caímos no ponto fraco do Brasil, que não tem jogadores diferenciados no banco para mudar radicalmente uma partida.

Tudo pode acontecer, entretanto, torço para que o Brasil esteja em um dia maravilhoso, com Luis Fabiano, Robinho e Kaká inspiradíssimos, porque vamos precisar disso.

sábado, 26 de junho de 2010

Brasil x Portugal foi jogo de compadres

Ambos praticamente classificados e muito pouco futebol. Brasil e Portugal a desejar na última partida do Grupo G.

A exibição brasileira foi fraca. Ao contrário dos primeiros jogos, os dois laterais, Maicon e Michel Bastos não renderam. Michel, então, errou praticamente todos os passes que tentou realizar.

Além disso, as péssimas exibições de Daniel Alves e Júlio Baptista ressaltaram dois importantes pontos: a péssima convocação de Dunga, que não deixou alternativas para Kaká - seis volantes e nenhum meia de ligação -, e a falta que faz Elano ao time.

Agora pegaremos o Chile e, provavelmente, golearemos. A equipe sul-americana vem com três importantes desfalques, a zaga titular e um meia, o que deve facilitar a nossa vida. O problema, no entanto, mora ao lado, já que a Holanda deve aparecer nas quartas de final. Aí complica...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Arrivederci, Itália!

Caiu a atual campeã do mundo. Depois de três jogos desastrosos, com péssimas atuações, a tetracampeã Itália dá adeus para a África do Sul e o sonho do penta. Apesar de surpreender a todos o fraco desempenho, uma sequência de erros selou a triste jornada italiana na competição.

Um fato que já vínhamos comentando há muito tempo é a falta de renovação dos jogadores da seleção. Se eu pegar o meu álbum de figurinhas de 2002 e o de agora, oito anos depois, vou encontrar basicamente os mesmos atletas. Sem contar que a tendência é piorar. O atual campeão nacional, o Inter de Milão, por exemplo, não tem um italiano sequer na equipe titular.

Além disso, o técnico Marcelo Lippi abusou dos erros. O atacante Quagliarella, do Napoli, é craque, um jogador diferenciado, o que ficou muito visível na última partida. O atleta, no entanto, passou a competição inteira sentada no banco de reservas, só entrando no segundo tempo do jogo contra a Eslováquia.

Agora não adianta chorar. Bom para a Holanda, que provavelmente terá um adversário mais fraco nas oitavas.

Arrivederci, Itália!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Yes, he cans!

Sim, eles podem! De forma merecida, o craque Donovan fez o gol da classificação dos Estados Unidos no último minuto do segundo tempo, no jogo contra a Argélia. A vitória norte-americana, que termina em primeiro lugar no grupo, salva a arbitragem de prejudicar uma das seleções que mais apresentou um futebol de raça nessa primeira fase.

E olha que não foi apenas um árbitro não. A seleção de Bill Clinton, que estava na arquibancada, teve pênaltis não marcados, gols legais anulados e jogadas duvidosas em praticamente todos os três jogos, inclusive hoje. Pra mim, o time é o melhor que o país já teve em toda a história.

A Inglaterra também confirmou a vaga. O elenco já atuou melhor. Defoe encaixou bem no ataque, ao lado de Rooney. Gerrard voltou a jogar muita bola, abusando de passes incríveis. Lampard e Joe Cole, que entrou no segundo tempo, ainda estão devendo.

Boa notícia? A provável classificação da Alemanha em primeiro lugar, daqui a pouco, vai forçar um cruzamento contra os ingleses, nas oitavas de final. Com a Argentina batendo o México, adivinha quem vai ter pela frente nas quartas? Exatamente, o vencedor desse confronto de alto nível: Inglaterra x Alemanha. Ambas as seleções possuem características que já citei aqui anteriormente, com forte poder aéreo ofensivo, exatamente o principal ponto fraco argentino.

Quero ver encarar essa, mi hermanos...

terça-feira, 22 de junho de 2010

Com direito a gol de Palermo

Confesso que fiquei decepcionado com a Grécia. Deixei minha camisa da seleção grega guardadinha, separada dentro do armário para botar hoje à noite, mas tudo foi por Maradona abaixo.

No primeiro tempo até tive esperança. Se a zaga titular da Argentina já é fraca, imagina então a reserva. Pois é: "sofrível". Mesmo assim, o ataque europeu, sofrendo com apenas um jogador isolado na frente, Samaras, não conseguiu balançar a rede. Como resultado disso, "nuestros hermanos" foram crescendo e abriram o placar com Demichelis. A partir daí ficou fácil, no entanto, para piorar a situação, ainda deu tempo de ampliar com, com, com... PALERMO. Nessa hora, tinha certeza que a viagem da Grécia era tardia.

"Bafana bafana" e "Le Bleus também caíram fora. Mas esses já eram de se esperar. Uruguai passou bem e vai dar trabalho. Agora, quando o Brasil não entrar em campo, sou mexicano desde pequenininho! Arriba!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Segurem os lusitanos aí, pessoal!

E pra quem desconfiava de Portugal, eis a redenção: 7 x 0 na Coreia do Norte. Euforia e, ao mesmo tempo, calma, porque eu ainda continuo desconfiando, não da equipe em si, mas do técnico Carlos Queiroz, que é fraco.

Apesar disso, os lusitanos ensinaram ao Brasil como se joga contra seleções do nível da asiática Coreia, que transpiramos para derrotar por humildes 2 a 1. Cristiano Ronaldo voltou a jogar futebol, com Raúl Bravo se tornando peça fundamental naquele elenco. Lembremos que Kaká, expulso infantilmente contra a Costa do Marfim está fora. E agora Dunga? Por que levou seis volantes e só o Júlio Baptista como meia-atacante, além do camisa 10? Agora, não temos muitas opções.

A Espanha, como eu previa, já melhorou em relação àquela derrota contra a Suíça. Basta que vença o Chile para se classificar. A tendência é que ela cresça ainda mais ao longo do torneio.

Por fim, com a segunda rodada tendo terminado hoje, confirmo minha opinião dita com antecedência: a Holanda, em função da regularidade, é a melhor seleção da Copa até o momento. Argentina vem logo atrás.

Amanhã é dia de ver o adeus dos "bafana bafana" e o sofrimento francês. Bem que a Grécia podia ganhar também, né? Só assim pra eu sair pelas ruas desfilando com minha camisa da seleção grega. Aguardemos.

'O Repórter bate bola' comenta Brasil 3 x 1 Costa do Marfim

sábado, 19 de junho de 2010

Até agora, Holanda é a melhor seleção da Copa

Título que vai causar polêmica, mas é a minha opinião. Até o dia de hoje, fazendo uma média entre as atuações das seleções nas duas primeiras partidas, a Holanda foi a que mostrou uma melhor regularidade.

A Alemanha saltou na frente, fez logo 4 x 0 no primeiro jogo, porém, se transformou no segundo e perdeu para a Sérvia. O inverso aconteceu com a Argentina: goleou na segunda rodada jogando bem e venceu na primeira, porém, nessa com uma fraca atuação.

Inglaterra, Espanha e França não precisa nem comentar, né? Brasil muito menos. Dessa forma, até o momento, a que mais me convenceu foi a Holanda.

Foram dois jogos simples, mas eficazes. No primeiro, venceu a Dinamarca por 2 x 0, e hoje fez 1 x 0 no Japão. Apesar do placar nada dilatado, foram atuações bastante consistentes. Os holandeses administraram bem o placar e definiram as partidas no momento que quiseram. Além disso, vale ressaltar que o atacante Robben, um dos destaques, ainda não entrou em campo.

Vai ser tarefa complicada segurar a Holanda...

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Caiu o Império Alemão

E o surpreendente aconteceu. Depois de causar euforia nos torcedores ao realizar a melhor exibição da primeira rodada, goleando a Austrália por 4 x 0, a Alemanha decepcionou contra a Sérvia, perdendo o jogo por 1 x 0.

A exibição do time alemão foi abaixo do aceitável. Parecia que toda a equipe tinha passado a noite anterior curtindo a farra da África do Sul. Com raras jogadas de perigo à defesa adversária, sobrou pancada na marcação, que insistia em parar as jogadas com faltas. Apesar disso, a expulsão do atacante Klose, ainda no primeiro tempo, foi um erro da arbitragem, que teve uma péssima exibição.

Além disso, até o momento, os Estados Unidos, seleção que eu apostava como a surpresa da Copa, vai perdendo o jogo pra fraca Eslovênia por 2 x 0.

Do jeito que a coisa anda, só falta a Inglaterra empatar com a Argélia...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

'Au revoir Bleu Blanc Rouge'

E a poderosa França, mais uma vez, vai se encaminhando para repetir o vexame de 2002. Após perder para o México por 2 x 0, os "Bleus" precisam vencer a África do Sul e ainda secar os adversários. A tarefa não é impossível, no entanto, bastante complicada, uma vez que o técnico Raymond Domenech cisma em armar o time de uma forma totalmente ineficiente.

A estratégia da esquadra, com o Anelka isolado na frente, é um verdadeiro tiro no pé. O atacante não possui a técnica apurada para esse tipo de tática. Enquanto isso, Henry fica mofando no banco de reservas, vítima de uma birra do treinador.

O ideal para salvar os franceses seria abrir os meias Ribéry e Malouda nas pontas do campo, posicionando Govou no ataque, ao lado de Henry. Caso contrário, 'au revoir Bleu Blanc Rouge'.

Apesar de perder duas Copas para eles, lamentarei uma eliminação precoce. Afinal, será um ponto final em um dos meus momentos prediletos nessas competições: ouvir "La Marseillaise" nos dias de jogo da França.

OBS: Em tempo, Argentina goleou. Não se iludam, o ataque é bom, mas a defesa é fraca. Quero ver enfrentar Alemanha e Inglaterra. Antes disso, se tudo der certo, vão cair frente ao Uruguai.

Panorama sobre primeira rodada da Copa

Confira no podcast produzido pela equipe de "O Repórter":

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Um doce para quem furar a defesa suíça

E a minha favorita para vencer a Copa começou dando vexame. A poderosa Espanha perdeu para a Suíça, por 1 x 0.

O que isso significa? Alerta vermelho, Brasil! As chances de enfrentarmos a Fúria na próxima fase aumentaram, o que vai ser dureza. Além disso, se a Suíça aparecer pela frente, haja poder ofensivo parar furar a consistente defesa que não leva gols há mais de 8 horas, em jogos de Copa do Mundo.

Tenso. Muito tenso.

O Repórter bate bola na estreia do Brasil na Copa

domingo, 13 de junho de 2010

O show da Alemanha

E finalmente surgiu uma seleção que vencesse e convencesse. Não tomando partido da Austrália, a Alemanha veio para a estreia mostrando um grande futebol e goleou a adversária em 4 x 0, com direito a gol do brasileiro naturalizado alemão Cacau.

A equipe é, até agora, a que apresentou o melhor padrão tanto em conjunto quanto por parte individual dos jogadores. Os atacantes veteranos Klose e Podolski, mais uma vez, mostraram que continuam com total capacidade de atuar em alto nível em uma Copa do Mundo. Tanto que ambos marcaram gols.

Fica agora a expectativa para a estreia de outras quatro favoritas: Holanda, Itália, Espanha e, é claro, Brasil.

Argentina não convence; Inglaterra e EUA fazem o melhor jogo da Copa

E a Copa do Mundo, aos poucos, vai esquentando - e bota aos poucos nisso. Foram raros os bons jogos até o momento.

Ontem, a Argentina atuou pela primeira vez no torneio e, apesar da magra vitória, não convenceu. A equipe demonstrou fragilidade na defesa, nas poucas bolas cruzadas de um lado para o outro do campo. O lateral Gutiérrez e a fraca zaga não alcançava as bolas defensivas aéreas, mostrando que esse pode ser um ponto fraco da equipe. Pobres hermanos quando enfrentarem Inglaterra, Alemanha e outras boas de cabeçada.

Já Inglaterra e EUA fizeram a melhor partida até o momento. Como eu já previa, as seleções apareceram bem, taticamente e tecnicamente, mostrando que têm tudo para ir longe na competição. Isso não vale, é claro, para o frangaço do goleiro inglês Green, porém, o fato já se tornou frequente nas últimas esquadras inglesas, que raramente trouxeram um goleiro bom para a Copa.

E a Seleção Brasileira, como será que vai estrear contra a Coreia do Norte? Falta pouco...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Primeiro dia de Copa do Mundo é morno

E finalmente a bola rolou! Começou a Copa do Mundo da África do Sul. Apesar da festa merecida que os africanos estão fazendo, o primeiro dia de jogos foi bastante aquém do esperado.

Na partida de abertura, México e África do Sul mostraram as fragilidades de suas equipes. Os "bafana bafana" possuem um elenco limitado, com jogadores de pouca expressão e desenvoltura técnica e tática.

Por outro lado, o México esbarra em decisões, na minha visão equivocadas, do técnico Javier Aguirre. Um dos melhores goleiros do mundo, Ochoa, é reserva, enquanto Oscar Perez não demonstra segurança no time titular. Além dele, o meia Guardado também fica sentado no banco. Deveria ser titular.

Na segunda partida, França e Uruguai fizeram um duelo bastante truncado. Algumas entradas duras foram registradas, tanto que foi lá que saiu o primeiro cartão vermelho da Copa, para o uruguaio Lodeiro.

Hoje, a principal estrela uruguaia, Fórlan, esteve apagado - bem marcado, é verdade. Quanto aos 'Bleus', Henry e Malouda têm que ser titulares.

Amanhã o dia promete com dois jogaços: Argentina x Nigéria e Inglaterra x EUA. Também tem Coréia do Sul x Grécia. Hora de secar "nuestros hermanos"!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Previsões para a Copa do Mundo 2010

Não sou o Pai Macumbeiro mas também faço as minhas apostas. Apesar de torcer pelo brasileiro, não creio que conquistemos essa Copa. Pra mim, caímos nas quartas de final, para a Holanda, que aliás, vai dar muito trabalho no torneio. O time chega redondinho, bem entrosado e com um bom plantel.

Seguem as apostas:

Campeã: Espanha

Vice-campeã: Holanda

Vai dar trabalho: Estados Unidos

Decepção: Argentina

Artilheiro: Kuyt (Holanda)

Craque da Copa: Steven Gerrard (Inglaterra)

Melhor goleiro da Copa: Casillas (Espanha)

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Amistoso contra Tanzânia serviu para pouca coisa

Jogar contra Zimbábue já é dose. Contra a Tanzânia, então, dose para Mamute. A partida dessa segunda-feira (07) contra o time africano não adiantou muita coisa para o plantel de Dunga. A fragilidade da equipe é tão exacerbada que podemos tirar poucas lições do jogo-treino.

Apesar da larga vitória por 5 x 1, a defesa brasileira demonstrou não estar tão 100% como muitos críticos previam. Tudo bem que o titular da meta, Julio César, foi poupado, porém, levamos um gol em uma jogada que não pode acontecer jamais em cima de uma defesa pentacampeã do Mundo.

De positiva, podemos ressaltar a exibição do meia Ramires. Bastante versátil, não tem como o ex-cruzeirense não fazer parte dos 11 titulares de Dunga. Se não for no lugar do violento Felipe Melo, que seja pelo menos na vaga e Elano.

Está chegando a hora. Salve-se quem puder...

sábado, 5 de junho de 2010

Final da Liga Nacional de Basquete: Flamengo x Brasília

Uma final que vai pegar fogo. De um lado, o craque Marcelinho; do outro, Alex e Guilherme. Quem vai levar a melhor no final? O quinto e decisivo jogo do playoff acontece neste domingo, em Anápolis, Goiás.

Confira a reportagem do quarto jogo, quando o Fla venceu. Entrevistas com Marcelinho, Duda e Paulo Chupeta:

sexta-feira, 4 de junho de 2010

O Repórter bate bola - 3 de junho 2010

Confira mais uma edição do programa "O Repórter bate bola". Nessa semana, batemos bola sobre o amistoso do Brasil contra o Zimbábue, a bola da Copa (Jabulani) e, como não poderia faltar: Argentina!

terça-feira, 1 de junho de 2010

O som de primeira qualidade do AfroReggae

Recordar é viver. Entrevista com o pessoal do AfroReggae, no Viradão Carioca, em Rio das Pedras. Som de primeira qualidade dessa rapaziada. Imperdível!