quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Balanço do ano 09

Sempre tive uma tremenda paixão pelo número 9. Com um design bonito e uma energia extremamente incrível, ele vem demonstrando ser para a minha vida muito mais que um simples algarismo, me acompanhando por cada canto da minha trajetória. Como você já deve imaginar, quando 2009 vinha chegando, a minha expectativa não podia ser diferente: não pode ser mais um ano, vai ser o ano.

E o ano 09 começou exatamente com uma perspectiva diferente, conhecida como o "renascimento". No finzinho de 2008, nos últimos dias, aconteceu um episódio que deixou muito claro para o meu corpo e a minha mente que um ciclo havia se encerrado. Algo havia ficado para trás, querendo que o início que estava próximo mudasse o andar da carruagem.

E foi assim que tudo começou, no dia 1º de janeiro. De forma muito rápida, o fluxo de um novo tempo começou a fluir muito bem. Calmo e tranquilo, no entanto, bem dinâmico e eficaz. Poucas vezes me recordo de um começo tão avassalador como esse.

Os dias foram passando, os meses correndo, e as situações só iam melhorando. Algumas perdas inevitáveis acabaram surgindo, assim como outras que ainda me machucam o coração, tamanha a saudade que continua no meu peito, porém, as fases iam se renovando, com novas e promissoras portas se abrindo a cada instante, quando eu menos esperava.

Erros eu cometi em excesso. Até pouco tempo, eu não costumava me arrepender de absolutamente nada. É bom ser confiante, confesso, entretanto, é melhor ainda saber reconhecer uma queda e uma bola fora. Nem sempre conseguimos consertar certos deslizes, mas é um grande passo para recuperar a auto-estima e, principalmente, ajudar a recuperar a esperança e a alegria daquelas pessoas que estão dentro do nosso caminho, prontas para caminharem ao nosso lado, nessa louca aventura chamada jornada.

Não posso ser injusto com ninguém, muito menos comigo mesmo. Assim como cometi erros da minha maneira, também acertei algumas vezes. Até mesmo aquelas decisões que o tempo ainda não respondeu se foram corretas, me enchem de orgulho antecipadamente, por eu olhar no espelho e ver o sorriso que estampo quando lembro de outros sorrisos, e das lágrimas que enxarcam os olhos quando revejo momentos marcantes e emocionantes, que jamais irão sair da minha memória.

Dois mil e nove está indo embora. O ano 09 está acabando. Na memória, situações dos mais diversos estilos, com os mais alucinados resultados. No dia a dia, a certeza de uma missão que ainda não terminou, mas que será tratada com força de vontade e um carinho imenso, para que 2010 amplie ainda mais os horizontes, estabelecendo laços de sucesso e muita harmonia.

Obrigado, 09! O ano do Rox fica por aqui!

Seja bem-vindo 2010! O ano 10, nota 10! Onde tudo será bem-feito, aprimorado e pronto para transformar os sonhos em realidade!

Só existe um Rio


Uma homenagem a quem me proporciona grande parte das enormes alegrias que tenho na vida.

Obrigado, Rio!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Confiança

confiança

con.fi.an.ça

sf (de confiar) 1 Ação de confiar. 2 Segurança íntima com que se procede. 3 Crédito, fé. 4 Boa fama. 5 Segurança e bom conceito. 6 Esperança firme. 7 Familiaridade. 8 pop Atrevimento, insolência, malcriação. 9 Ato libidinoso; licença. sm Reg (Rio Grande do Sul) Empregado (ou animal) de confiança, com que se pode contar em qualquer situação. Antôn (acepções 1, 2, 3 e 6): desconfiança. Com confiança: cheio de confiança. Dar confiança (a alguém): permitir ser tratado com familiaridade ou com menos respeito que o devido. De confiança: em quem se pode confiar. Tomar confiança: tornar-se confiado; perder o respeito.

Nada parte mais o coração do que ouvir que alguém não confia em você, principalmente de quem você menos esperava. Eu espero, apenas, que você confie nas pessoas certas. Se eu não sou essa pessoa, respeito. E não vou me opor.

Eu confio!

domingo, 27 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009

Todo final de ano, como conta a tradição, começam a surgir as famosas retrospectivas. Esse ano, no entanto, vou fazer um pouco diferente. Não vou enumerar casos e nem posso classificar o grau de importância dos acontecimentos. Tanta coisa boa aconteceu em 2009, assim como fatos extremamente desagradáveis, que não me vejo capaz de compará-los. Todos tiveram os seus méritos e deméritos. Dessa forma, vou ressaltar quatro fatores positivos na minha vida.

América-RJ de volta à elite carioca

Se por um lado o ano foi péssimo para o futebol carioca em 2008, em 2009 tudo aconteceu de forma completamente oposta. Além do título nacional do Flamengo e da manutenção de Botafogo e Fluminense na primeira divisão, a temporada marcou a volta do querido Mequinha para a elite do Campeonato Carioca. Para melhorar, o triunfo veio acompanhado do título da segunda divisão regional, com direito a uma grande ajuda de Romário. América, unido, venceu e continuará vencendo em 2010!

O Vascão voltou!

Um ano inteiro de sofrimento, gozações, mas, acima de tudo, muita luta e força de vontade. O Vasco da Gama mostrou ser um clube honrado e fez valer a força de sua história, conquistando de forma eficaz o título de campeão da Série B brasileira. Em 2010, ele volta ao lugar de onde nunca deveria ter saído. Cair, todo mundo um dia cai, agora, dar a volta por cima de forma honesta e honrosa, nem todo mundo consegue.

Uma emoção em vermelho e branco

Passar um ano sofrendo e ficando triste, chateado, sem títulos, a gente até supera, porém, 16 anos é coisa demais. A cada Carnaval que passava, era de praxe os amigos e engraçadinhos soltarem as mais diversas piadas e ironias, a respeito da derrota do Salgueiro no Grupo Especial do Rio de Janeiro. Esse ano, dentro da quadra da vermelho e branca, a energia foi diferente. O tão sonhado título chegou, e de forma incontestável. Engraçado é que, depois, todos aqueles engraçadinhas e engraçadinhas que me bombardeavam de ironias repetiam a mesma frase: "lembrei de você!". Por que será? Salgueiro campeão!

Cidade mais que Maravilhosa

Não tenho palavras para expressar a alegria que essa cidade me proporciona. Tive a honra de trabalhar com a assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro, durante a visita de inspeção do COI ao Rio de Janeiro. Mesmo tendo uma parcela muita pequena, dei minha contribuição para essa conquista, que é uma das mais importantes que o Rio já teve em sua história. No dia do anúncio da cidade-sede das Olimpíadas de 2016, lá em Copacabana, não resisti e fui ao delírio. O sonho estava sendo realizado. Rio, eu te amo! YES, WE CRÉU!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Carta aberta do Presidente Lula para Papai Noel



Fonte: Kibeloco

Uma simples mensagem natalina

Natal é tempo de Paz e emoção. É tempo de compartilhar, rever conceitos, fazer amigos, pedir desculpas e enxergar o mundo com olhos mais humildes.

Nessa data tão especial, desejo a todos os queridos leitores e leitoras um ótimo Natal, repleto de muita luz, harmonia e alegria.

Lembre-se: a situação pode não ser das melhores, no entanto, com carinho, fé e força de vontade, você pode não só mudar a sua vida como mudar o mundo. Seja feliz!

FELIZ NATAL! HO HO HO!

A alegria voltou...

As minhocas foram embora...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Minha prima foi embora



Minha prima Vera foi embora há dois dias e nem se despediu de mim.

Tudo bem, não tem problema. Ano que vem ela vai voltar. Vocês verão...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Se a voz é especial, imagina o resto

Já te disse várias vezes, mas não custa repetir. Sua voz faz eu me sentir bem, me sentir mais calmo, me sentir mais feliz.

Se eu tenho dúvidas e te telefono, automaticamente acho soluções.
Se eu tenho medo e falo contigo, imediatamente ganho confiança.
Se eu fico triste e você me dá atenção, na velocidade da luz minha alma incendeia de felicidade.
Se eu estou fraco e te encontro, passo a possuir uma tremenda força.
Se estou cansado e vejo você, seus olhos encantam o meu organismo, implantando disposição.
Se estou tendo pesadelos, basta você pedir que eu sonhe com você que meu sono vira um conto de fadas daqueles bem animados.
Se me falta ousadia... Ops, isso não falta!
Se não estou ouvindo direito, por mímica você me faz entender tudo que preciso.
Se minha visão falha, a sua me conta tudo o que eu não vi.
Se deixo passar algo despercebido, a sua incrível capacidade de observação me mostra que faltou alguma coisa.

Se os ponteiros do relógio não estão conseguindo se encontrar, a sua personalidade me faz acreditar que vale à pena fazer todos os esforços possíveis e impossíveis para chegar à hora certa.

Não adianta. Juntos, ninguém nos segura. Nem mesmo 500 muralhas da China ou o Monte Everest.

Topa vir comigo nessa louca aventura chamada vida?

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Quase tudo tem seu lado bom

Os mais otimistas dizem que tudo tem o seu lado bom. Eu, apesar de ser um deles, sou um pouco mais cauteloso quanto essa frase. Eu diria que quase tudo tem seu lado bom.

Apesar das coisas nem sempre combinarem tanto assim com a gente, o Universo trata de tentar dar uma forcinha, transformando o que tinha tudo pra dar errado em algo que pode, no fim, vir a dar certo.

Hoje, mais um ciclo se encerrou. Não gosto muito de despedidas. Sendo assim, só tenho a agradecer e dizer que, se tem algo que vou sentir falta, é das pessoas que lá conheci. Saibam que vocês deixaram as minhas semanas mais divertidas. Obrigado!

A quem fica:

Não deixa o samba morrer...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

A festa no ponto de ônibus

Terça-feira, 23h15 da noite. Numa movimentada rua da Tijuca, a hora marcada do relógio deixava a região quase deserta, em um completo vazio. Camelôs recolhiam suas barracas, guardas municipais voltavam à casa. Todos prontos para aguardar o novo dia chegar. No entanto, em um ponto de ônibus, aquela calmaria daria lugar a um movimentado Happy Hour fora de hora.

Cerca de dez pessoas já estavam por lá, quando me juntei ao grupo. Não demorou muito para o gelo ser quebrado e o assunto começar. Coube a jovem estudante começar o papo. Bem arrumada, ela esbravejou:

"Um 922 acabou de passar direto. Ele só pode estar de brincadeira!", reclamou a garota.

Em seguida, foi a vez do trabalhador entrar na conversa:

"Eu vou logo meter um processo nessa empresa! Eu 'tava' na Rua do Almirante e três passaram direto! Três 'busões', maluco! É muito mole o cara que 'tá' lá dentro, protegido, meter o pé e ignorar a gente. Só por que eu 'tô' de boné eu sou bandido? Eu sou trabalhador! Amanhã 5h30 da manhã eu tenho que 'tá' na firma", desabafou o homem.

O debate estava tão intenso, que até o pobre mendigo, completamente bêbado, resolveu entrar na festa:

"Aí malandro, falar assim é mole. Quero ver lá em Gramacho. Aquele lixão é sinistro. O céu fica até vermelho. Cheio das paradas na ideia. Lá até a cobra fuma!"

Muitos minutos depois, a festa terminou, pois o ônibus já havia se aproximado e parado. Grande parte dos convidados subiram, enquanto o restante preferiu ficar para o "enterro dos ossos".

E assim acabou o evento mais badalado da noite de quarta-feira. De quarta-feira, porque, depois da meia-noite, ou seja, na quinta-feira, o melhor ainda estava por vir. E veio...

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Nos bastidores do samba: ensaios técnicos

A chuva bem que resolveu aparecer no segundo dia de ensaios técnicos no Sambódromo. No entanto, mesmo com poças d'água na Avenida, a Vila Isabel deu um verdadeiro show, levando o público da Marquês de Sapucaí ao delírio. O samba de Martinho da Vila caiu como uma luva na escola de Noel, que levou a sério a proposta de incorporar o poeta. A garra demonstrada pelos integrantes, movidos por uma boa atuação do intérprete Tinga e da bateria "Swingueira de Noel", liderada por Mestre Átila.


Império Serrano e Mocidade Independente de Padre Miguel também desfilaram pela Passarela do Samba. A escola da Serrinha, que disputa o Grupo de Acesso A carioca, apresentou uma boa exibição. As primeiras alas da agremiação pareciam ter entrado um pouco desanimados, sem cantar o samba, no entanto, a escola cresceu muito na segunda metade da exibição, com o grito "sou Império", ecoando pela Sapucaí.

Já a Mocidade Independente foi a grande decepção da noite. Nem mesmo a famosa bateria nota 10 conseguiu salvar a verde e branca. Prejudicada pela chuva, alguns instrumentos entraram sem o plástico de proteção, o que acabou prejudicando o compasso e a harmonia na percussão. O intérprete David do Pandeiro e o carro de som em geral também não estavam bem, destoando do tom em várias ocasiões.


Por enquanto, eis o ranking dos ensaios técnicos, segundo a pessoa que vos escreve:


Grupo Especial:


1º Vila Isabel

2° Mangueira

3° Mocidade


Grupo de Acesso A:


1° Império Serrano

2° Acadêmicos do Cubango

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Parabéns ao grande poeta da Vila


Ter a vida e obra consagrada, mesmo tendo ficado na Terra por menos de 27 anos, faz do poeta um dos artistas mais espetaculares que já passaram pelo nosso país. Para Noel Rosa, o eterno sambista de Vila Isabel, o muito obrigado por ter existido!

Noel Rosa, se vivo fosse, estaria completando hoje 99 anos! Parabéns, Noel de Medeiros Rosa!

Ele vai baixar na Avenida...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Pode se preparar...

Não adianta mostrar outras opções. Não precisa oferecer uma pista limpa para outros caminhos. Coragem não falta, história muito menos. O que não adianta, o que é um fato, no entanto, é que aqui é o lugar certo, pelo menos é o que o forte vermelho diz.

Zeca Pagodinho já cantava: quem já não viveu um amor de verão? Até tentou e descobriu que era ilusão. Coisa de momento, que balança o coração, mas meu amor, não tem comparação!

A partir de agora, um novo ser, porém, no lugar antigo. Uma nova mentalidade e modo de agir, em um local já conhecido e já desbravado anteriormente. O que é bom não muda, evolui, e a hora é essa!

2009 ainda não acabou. Ainda restam alguns dias. Mesmo que ainda faltassem alguns minutos, não importa, sempre há tempo de fazer acontecer. E chegou a minha vez!

Para o bem de quase todos e felicidade de alguns, sai da frente! Porque o Rox voltou...

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Ligeirinho

O Rio de Janeiro merece todas as honras possíveis pelo bom ano, no entanto, ligeirinha a comemoração, porque já é hora de pensar em 2010.

A força da mulher rubro-negra

Ainda na ressaca pelo título brasileiro, os rubro-negros foram às urnas e votaram pela mudança. O candidato da situação, Delair Dumbrowski, acabou derrotado pela ex-nadadora Patrícia Amorim, que se torna a primeira mulher a assumir um grande clube de futebol carioca.

Andrade e outros atletas na mira do exterior

A missão de Patrícia, que comanda o Flamengo pelos próximos três anos, não é fácil. O clube tem uma dívida estimada em R$300 milhões. Além disso, o vitorioso treinador Andrade tem duas sondagens do exterior. Do jeito que ama o Fla, não será um grande problema renovar seu contrato, no entanto, é preciso uma proposta viável para segurá-lo. Peças importantes na conquista, como o próprio atacante Adriano, ainda não estão garantidos em 2010. Abre o olho presidente!

O novo Vasco

Apesar de pouca coisa concreta até o momento, o Vasco está se movimentando bastante nos bastidores. Dois treinadores estão em contato com o presidente Roberto Dinamite, sendo que o nome mais forte é o de Vágner Mancini. O preparador físico da seleção brasileira e do Internacional, Fábio Mahseredjian, é outro que está em contato com a diretoria e pode acertar. Em termos de reforços, o meias Léo Gago, destaque do Avaí no Brasileirão, e Caíque, ex-Guarani, já estão contratados. Os volantes Rafael Carioca, ex-Grêmio, atualmente no Spartak Moscov, e Jumar, do Palmeiras, além do atacante do Figueirense, Rafael Coelho, são outros que provavelmente irão pintar na Colina. É, ao menos nas negociações, parece mesmo que o Vasco quer voltar com tudo...

Alvinegro atrás do prejuízo

O Campeonato Brasileiro acabou e o Botafogo por pouco escapou do rebaixamento. Para a próxima temporada, contudo, os nervos continuam a flor da pele no alvinegro. Jobson, principal surpresa do segundo semestre na equipe, assinou contrato com o Cruzeiro e está de saída. O goleiro reserva Castilho é outro que não vai renovar. Além disso, 17 jogadores têm seus vínculos encerrados em dezembro. Dentre eles, grande parte do time titular. Segundo a diretoria, o técnico Estevam Soares deve continuar.

Cuca, Cuca e Cuca

Manter Cuca, ponto. É essa a prioridade zero do Fluminense. Após selar a permanência do comandante, aí sim o tricolor começa a pensar em reforços, que não deverão vir em grande número, já que a base que encerrou o ano continua agradando. É esperar.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Melhores do Brasileirão 2009

Acontece nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, a grande festa que premiará os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro de 2009. Como tradição, o autor do blog não poderia deixar de dar os pitacos, com a própria opinião. Foram escolhidos por mim apenas os atletas pré-estabelecidos pela votação da CBF. Sendo assim, não pude eleger jogadores como o goleiro Fábio, do Cruzeiro, por exemplo. Vamos lá:

Goleiro: Victor (Grêmio)
Lateral-direito: Jonathan (Cruzeiro)
Zagueiro pela direita: Chicão (Corinthians)
Zagueiro pela esquerda: Miranda (São Paulo)
Lateral-esquerdo: Júlio Cesar (Goiás)
Volante pela direita: Hernanes (São Paulo)
Volante pela esquerda: Guiñazu (Internacional)
Meia-direita: Diego Souza (Palmeiras)
Meia-esquerda: Petkovic (Flamengo)
Primeiro atacante: Diego Tardelli (Atlético Mineiro)
Segundo atacante: Adriano (Flamengo)
Técnico: Andrade (Flamengo)

Revelação: Fernandinho (Barueri)
Craque: Petkovic (Flamengo)
Árbitro: Mais uma vez, arbitragem ruim no Brasileirão. Dos três finalistas, o menos pior é Paulo César Oliveira.

Entre mortos e feridos salvaram-se todos. Até o América-RJ...

Acabou o ano para o futebol brasileiro. Geralmente, quando usamos essa frase, é para expressar algo triste, negativo, como uma eliminação por exemplo. Não, não é isso! Nesse caso é diferente - pelo menos para os cariocas. Chega ao fim o Campeonato Brasileiro de 2009 e, consequentemente, o calendário futebolístico brasileiro. Para o Rio de Janeiro, a temporada foi a mais sortuda da história do esporte. Só triunfo. Até os fracassos acabaram tomando tal dimensão que, no final das contas, também virou comemoração.

Começando no fato de maior repercussão, o Flamengo voltou a levantar o trofeu da competição. Méritos para um time bem arrumado por um treinador calmo, mais conhecido até pouco tempo como eterno interino. Apesar das desconfianças, Andrade não se abateu com as críticas iniciais e conseguiu guiar uma equipe que brigava contra o rebaixamento para o lugar mais alto da tabela. Parabéns aos rubro-negros. Conquista mais do que merecida. Até o Grêmio, que todos afirmavam que iria entregar a partida, teve uma exibição regular, com boas atuações de alguns garotos que estavam em campo. Isso só engrandece a conquista de Pet, Adriano e Cia.

Dando um salto para baixo, vale ressaltar a mais incrível superação que já se teve notícia no Brasileirão. Todos tinham certeza. Eu, você, os colegas de imprensa. Até os tricolores! Todos tinha a absoluta certeza que o Fluminense não tinha salvação. Estava indo rumo à dolorosa segunda divisão. Tinha... Estava... Surpreendendo a tudo e a todos, Cuca e seus guerreiros tiraram forças de onde não existia mais e, vencendo uma infinidade de partidas consideradas quase impossíveis, selou a permanecência na elite do campeonato. O empate em 1x1 foi o ápice da conquista.

Só faltava o Botafogo. O jogo era contra o poderoso Palmeiras do tricampeão Muricy Ramalho, time que estava na briga do título. Não deu para o alviverde: 2x0 alvinegro e festa completa na Cidade Maravilhosa.

Vale lembrar, ainda, que o Vasco já havia sido campeão da Série B, com duas rodadas de antecedência, o que valeu o retorno triunfante do cruzmaltino ao encontro dos companheiros Fla, Bota e Flu.

E assim termina o Brasileirão, com três palavras marcando o ano carioca: sorte, alegria e festa!

Comemora, carioca! Além de tudo, você ainda tem as Olimpíadas de 2016 e é sede da final da Copa do Mundo de 2014!

Entre mortos e feridos salvaram-se todos. Até o América-RJ, campeão da Série B do Rio, e mais simpático time da cidade. Vamos Mecão!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

A Copa do Mundo já começou

Começou a Copa do Mundo! Não, não estou ficando maluco. O jogo de abertura só acontece em 11 de junho, com África do Sul e México, no entanto, hoje, com o sorteio dos grupos, já começam as análises, temores e expectativas para o maior evento futebolístico do planeta. Vamos aos comentários?

GRUPO A (África do Sul, México, Uruguai e França) - Pobre Parreira! O time anfitrião, comandado pelo brasileiro, caiu em um dos grupos da morte. Apesar de ter se classificado com a polêmica mão de Henry, a França é a franca favorita. México e Uruguai devem brigar pela outra vaga.

GRUPO B (Argentina, Nigéria, Coréia do Sul e Grécia) - A missão para "nuestros hermanos" não é tão difícil como desejamos, no entanto, também não é tão simples assim. Nigéria e Grécia podem vir a complicar. No entanto, infelizmente, a Argentina joga com maior chances de passar de fase, com Grécia e Nigéria lutando pelo segundo lugar.

GRUPO C (Inglaterra, Estados Unidos, Argélia e Eslovênia) - Grupo fácil. Inglaterra e Estados Unidos. Qualquer outro resultado é zebra.

GRUPO D (Alemanha, Austrália, Sérvia e Gana) - Olha que esse grupo também pode dar o que falar. Qualquer um dos quatro pode se classificar, até mesmo Gana. Se não tiver surpresas, Alemanha e Austrália levam as vagas.

GRUPO E (Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões) - Holanda não vai ter gandes dificuldades. Aposto, ainda, que Camarões derrota a Dinamarca e se classifica. Japão, mais uma vez, dá adeus na primeira fase.

GRUPO F (Itália, Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia) - Outra chave tranquila. Itália e Paraguai, ponto. Mínimas as chances de algo sair diferente.

GRUPO G (Brasil, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal) - Chegamos ao que mais nos interessa. Se compararmos os adversários de 2010 com os dos anos anteriores, vamos ver que não teremos mais aquela verdadeira sopa. Portugal e Costa do Marfim são adversários que não serão fáceis de modo algum. Nossos atletas vão ter que jogar sério e com muita vontade. Qualquer deslize pode ser fatal, mesmo com Carlos Queiroz, tão fraco quanto Dunga, sendo o comandante lusitano. Coreia do Norte é sopa. Não tem a mínima chance. O problema maior pode vir nas oitavas de final. Encarar Espanha ou Chile já complica. Torcer para ser a Suíça...

GRUPO H (Espanha, Chile, Honduras e Suíça) - A campeã europeia está bem perto de nós. Na primeira fase, uma vaga é dela. Sem chances de cair fora de forma tão precoce. Chile e Suíça lutam pelo provável confronto contra o Brasil, com leve favoritismo para o lado chileno.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Notícias em foco

Foram bons tempos, bons momentos. Debates acalorados, chamadas de atenção, reuniões, mais debates. Corta aqui, derruba ali! Ufa, coloca a vinheta, fecha o programa! Vamos lá! Assim aconteceu durante as quintas e sextas-feiras, na gravação do Notícias em foco.

Infelizmente, o programa de hoje não vai poder ir ao ar aqui no blog, mas quem estava presente nesse último capítulo pôde presenciar grandes momentos.

Obrigado a toda a equipe. Todos foram incansáveis e muito pacientes. Juntos, conseguimos dar início a algo que um dia pode ser de grande ajuda. O programa já acabou, mas os projetos não. Ainda continuamos firmes por aí, porque é ótimo trabalhar com vocês.

Produção, reportagem e apresentação: Bruna Werneck, Érica Prado, Izabella Galante, Luka Marinho e Ralph Guichard
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

Pra encerrar, as fotos do nosso dia a dia, enviadas pela companheira Luka Marinho:











quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Todo dia é Dia Mundial do Samba

Samba, a mistura perfeita de qualquer sentimento. Através dele, podemos falar de amor, reclamar dos problemas, comemorar as vitórias e consolar dos fracassos.

Com um ritmo alegre, leve, divertido e extravagante, ele invade a nossa alma de uma forma que pessoa nenhuma jamais consegiu alcançar, fisicamente. O samba não tem explicação, justificativa ou pretensão.

Hoje é Dia Nacional do Samba, parabéns para toda a população! Agora, quem respira samba e se alimenta desse vício gostoso sabe que todo dia é dia de comemorar o Dia Mundial do Samba!

Pediu pra parar parou...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Luta contra a AIDS



Se você tem saúde, você pode quase tudo! Por mais difícies que sejam as dificuldades ou por mais perdida que aquela situação já pareça estar, não se engane, você pode reverter! Mas, para isso, se cuide! Use camisinha, se proteja!

1º de dezembro, dia mundial de luta contra a AIDS.

domingo, 29 de novembro de 2009

A eletrizante rodada final do Campeonato Brasileiro

Agora tudo pode acontecer! É fato que o Flamengo é franco favorito. Basta marcar um gol, não sofrer nenhum, que o título do Campeonato Brasileiro volta ao Rio de Janeiro após nove anos - último triunfo foi do Vasco, em 2000. Por outro lado, mesmo sabendo que o Grêmio deve vir com um time misto, a tarefa não vai ser tão fácil assim.

Palmeiras e Internacional voltaram à disputa, principalmente o Inter. O time tem um jogo fácil pela frente: Santo André, praticamente rebaixado. O São Paulo vai vencer o último duelo, contra o Sport, mas depende de todos os outros resultados.

Na parte de baixo, uma reviravolta. Náutico confirmou a volta para a Série B, ao ser goleado para o Santo André. O clube paulista ainda pode escapar, mas depende de uma difícil combinação de resultados. Botafogo complicou sua permanência. Vai precisar vencer o Palmeiras de qualquer maneira. Se perder está rebaixado. Já o Fluminense, que todos, principalmente eu, acreditavam já estar morto, ressuscitou! Ele joga pelo empate no Paraná, contra o Coritiba, que também está no duelo contra o descenso.

Domingo, 6 de dezembro. Pobre de quem vai estar fazendo prova do ENEM e não vai poder acompanhar a última rodada do Campeonato Brasileiro! Tudo pode acontecer!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Nosso sonho não vai terminar

... pelo menos desse jeito não!

Quem viu o "Por toda minha vida" de ontem e, assim como eu, se emocionou, sabe do que estou falando. Quem não viu e sabe enxergar a voz do coração também sabe!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O apagão acabou. Tem certeza?

Terça-feira, 10 de novembro, o dia que a luz acabou. 24, 25, 26 de novembro. 27, 28... Epa! De novo? Bem provável... Ninguém sabe que diachos estão acontecendo que a energia elétrica não consegue ficar estável. Ela vem, se estabelece e, quando mais precisamos dela, vai embora, some, vai passear, dar uma volta na casa do Ministro de Minas e Energias, talvez.

O absurdo é tão grande e revoltante que o presidente da Light, fornecedora de energia para a capital do Rio de Janeiro, o senhor José Luiz Alquéres, afirmou que o carioca estava comprando muito ar-condicionado e, por não estar avisando à companhia, diferenças na polaridade estavam causando interrupções no fornecimento. Ah, ok, desculpe presidente, a culpa é minha. Me deixe o seu número pessoal que divulgo para os amigos avisarem toda vez que realizarem a compra de um novo eletroeletrônico ou eletrodoméstico.

"Alô, é da casa do senhor Alquéres? É só pra avisar que comprei um novo respirador para o meu tataravô. Posso ligá-lo na tomada, ou o deixo morrer? Vê se ajusta os ampéres, heim?"

É rir para não chorar.

Preparem as lanternas e baterias, porque, pelo visto, ainda precisaremos muito delas...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Ralph 40º

Se ainda existia algum neurônio sobrando, essa noite ele não sobreviveu ao "incêndio".

Bem, agora que não tem nada mais no cérebro, vou deixar o coração falar à vontade... Pelo menos enquanto valer à pena...

domingo, 22 de novembro de 2009

Escorpião

Não se deixe levar pelo preconceito. Se você cruzar com um tipo honesto, corajoso, íntegro, intenso, magnético, profundo, reservado, perspicaz, enigmático e fiel até que a morte os separe, corra e agarre esta oportunidade, porque você terá topado com um escorpionino. Seu astrólogo diz que os escorpiões são traiçoeiros? Mude de astrólogo, porque o escorpião tem um senso de lealdade só comparável ao de um mafioso siciliano - se você mantiver sua palavra, ele manterá a dele até debaixo de uma saraivada de balas. Sua melhor amiga diz que os escorpiões são don-juans incuráveis? Troque de amiga, porque o escorpião, embora tremendamente ligado ao sexo, é tão seletivo que prefere uma vida monástica a transar com qualquer um. Você andou lendo que o escorpião é um dissimulado? Largue esse livro pelo último de Agatha Christie, pois a notória reserva escorpionina não tem nada a ver com hipocrisia.

Um escorpião nunca mente, só omite - e na maior parte das vezes está repleto de razões, porque sua fabulosa antena psíquica pescou que o interlocutor em questão não é lá muito confiável. Esta, talvez, seja a principal característica deste signo cujo mito mais esclarecedor é o de Lúcifer, o anjo decaído, não por noitadas em excesso, mas por uma lucidez além dos limites: o grande pecado do escorpião, como o do ex-anjo, é um orgulho excessivo. Excessivo, mas não descabido. O probleminha de Lúcifer era que enxergava certas razões ocultas por trás da cantoria dos querubins - um desejozinho secreto de promoção naquele arcanjo que emitia uma nota mais aguda. Por isso ele acabou expulso do Paraíso, onde críticas não são facilmente digeridas. A mesma complicada sina ocorre com os terrenos escorpioninos: como eles são providos de uma espécie de olhar de raio X, que detecta as piores intenções até nos melhores sorrisos, acabam se tornando ossos duros de roer.

Um escorpionino tem um faro imcomparável para imposturas, o que lhe torna difícil a vida em sociedade. Isto o transforma, muitas vezes, num introspectivo de cenho franzido: sua capacidade de captar algo de podre no reino da Dinamarca não tem paralelo, em todo zodíaco e em qualquer estatística. Mas se o escorpião saca tudo, inclusive o pior de cada um, é porque tem uma sensibilidade que chega às raias do insuportável. O que o torna, também, muito solidário com o sofrimento alheio - nada de estranhar que Ghandi tenha ascendente em escorpião. Um escorpião nunca foge de problemas. Não fuja dele, portanto, a não ser que você queira passar o resto da vida bocejando entediado.

TERAPIAS:
O escorpião tem uma incontrolável tendência a se atormentar, culpando-se por tudo que dá errado a sua volta, e num de milhares de quilômetros além, Bósnia, Croácia e Cambodja incluídos. Como ele jamais pega leve, nem quando está de férias, esta mania de carregar o mundo e seus males pode se tornar meio desconfortável para aqueles que o cercam, e pretendem apenas tomar mais uma bebidinha e prosear. Como, igualmente, um escorpião nunca se lamenta ou faz o papel de vítima - o que ocorre muito com os outros signos de água, peixes e câncer - é preciso se tornar um telepata para saber exatamente o que vai mal com seu escorpião de estimação.

Se for uma mera insatisfação com tudo, deixe estar - isto não tem cura. Se for uma depressão profunda, daquelas que o arrastam para a cama (e não para fazer o que ele tanto gosta), algumas providências são necessárias. Nada de terapias de apoio, porque um escorpião jamais vai acreditar que ele está OK e o mundo está OK. Uma terapia de choque é a mais recomendável: uma passagem só de ida para a Iugoslávia, para trabalhar num campo de refugiados, ou um passeio às seis da tarde por qualquer dos pontos das grandes capitais brasileiras onde se concentram os menores infratores vai ajudar a reconhecer que há outros infernos ainda piores que seu inferno interior. Um pouco menos arriscada é a técnica de auto-análise. Todo escorpião é um investigador nato, e isto explica porque eles dão excelentes psicanalistas.

Em contrapartida, dão péssimos pacientes, já que nunca vão superar completamente a sensação de que aquele camarada senatado na poltrona atrás do divã está calado porque, no fundo, sabe menos do que ele. O escorpião lucra mais se pagar uma faculdade de psicologia em vez de honorários de um psicólogo avulso. É claro que às vezes não se pode esperar cinco anos escolares para resolver uma crise. Mas crises, na verdade, não atrapalham este signo. Ao contrário, ele precisa delas para se reciclar periodicamente. E acaba sempre levantando, sacudindo a poeira e dando a volta por cima.

Textos de Marília Pacheco Fiorillo e Marylou Simonsen, publicados no livro Use e Abuse do seu Signo, editado pela LP&M.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Negros ou brancos somos todos iguais

O Brasil é vasto e rico, de solidariedade, harmonia e compaixão. O Brasil não tem cor, raça ou orientação sexual, o Brasil tem um tipo de cidadão, chamado de brasileiro! Nesse dia 20 de novembro, dia de Zumbi dos Palmares, a homenagem é da Unidos de Vila Isabel, em 1988. Pra que cotas? Somos todos iguais! Valeu Zumbi!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Notícias em foco



Notícias e reportagens fresquinhas. Vale a pena conferir!

Produção: Izabella Galante, Ralph Guichard, Luka Marinho, Bruna Werneck e Érica Prado
Operação de áudio: Luís Aurélio
Apresentação: Izabella Galante
Reportagem: Ralph Guichard e Érica Prado
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Salvem a seleção brasileira

É, a temporada 2007 - 2009 acabou para a seleção brasileira de futebol. Até que, analisando apenas as conquistas, o balanço foi positivo: campeão da Copa América e da Copa das Confederações. Por outro lado, analisando a regularidade e os resultados em si, um fiasco - vide derrota para a Venezuela, pela primeira vez na história, empates com Bolívia e Colômbia, em pleno Rio de Janeiro.

Nada mais importa, o que passou, passou, não volta mais! Agora é levantar a cabeça e pensar exclusivamente no maior objetivo para o nosso esporte: a Copa do Mundo de 2010! Pelo visto, não tem jeito, o Dunga não cai. Logo, vai o nosso querido anão mesmo.

Apesar das críticas terem sido aliviadas nos últimos meses, existem atitudes do treinador que ninguém entende. Por exemplo, mesmo já estando classificado nas Eliminatórias há várias rodadas e tendo disputado amistosos contra seleções "fortíssimas", no nível da temida Omã, o Mestre, digo, Dunga, manteve Júlio Cesar no gol verde e amarelo. Não, não estou questionando a titularidade do camisa 1, ao contrário, hoje, ele é um dos melhores do mundo sim, no entanto, quem é o seu reserva? Caso, Deus me livre guarde, ele se machuque nas vésperas da competição começar, quem assume a missão de nos defender dos torpedos adversários? Doni? É complicado, né...

Enfim, vamos torcer para que a teimosia fique de lado e a comissão técnica brasileira faça as melhores escolhas possíveis, começando por efetivar Nilmar como titular da equipe. Robinho não chega aos pés do ex-atacante do Inter, um dos nossos principais destaques. No mais, segue a minha seleção brasileira titular, caso a Copa começasse amanhã:

Julio Cesar, Dani Alves, Lúcio, Luizão e Marcelo; Lucas, Ramires, Hernanes e Kaká; Nilmar e Luís Fabiano.

domingo, 15 de novembro de 2009

Ligeirinho

Às vezes, a ficção acaba superando a realidade...

Sexta-feira 13 vascaína

Sexta-feira 13? Dia de ficar preocupado? Não para os vascaínos! O cruzmaltino não só desafiou a superstição como entrou em campo vestido de preto para a grande "decisão" contra o América de Natal. Resultado? 2x1, de virada, e um show da torcida, que apoiou o time mesmo quando saiu perdendo o confronto. Parabéns ao Vasco, campeão brasileiro da Série B, de volta à elite do futebol!

Joel Santana no América-RJ

Não é Fluminense, Flamengo e nem o Vasco. Joel Santana, o Natalino, deve assumir mesmo é o América-RJ! Sim, o ex-treinador dos Bafana Bafanas, "the equipe", "berráind", "in the midiu", pode estar à caminho do Mequinha, começando o trabalho ainda na segunda divisão carioca, este ano. Romário, que é considerado um filho para Joel, garante que isso vai se concretizar.

'Barracão' da Beija-Flor

Após reunião com a imprensa, onde o diretor de carnaval, Laíla, esclareceu questões internas com os jornalistas, o carnavalesco Alexandre Louzada levou os convidados para conhecerem as fantasias da escola para o enredo "Brasília". Muito bonitas por sinal. Parece que a escola vai mesmo voltar para a disputa em 2010.

'Barracão' da Cubango

Estreou nesse sábado durante o III Encontro de Cinema Negro, no Cine Odeon do Rio de Janeiro, o documentário "Barracão - Um olhar carnavalesco", do diretor Waldir Xavier. Um ótimo filme para quem gosta de Carnaval. Dinâmico, emocionante e bem empolgante, mostrando a preparação da Acadêmicos do Cubango para o desfile de 2008. Recomendado!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Notícias em foco



Apagão, temporal no Rio de Janeiro e a incrível recuperação do Fluminense. Isso e muito mais no Notícias em foco de hoje.

Produção: Izabella Galante, Ralph Guichard, Luka Marinho, Bruna Werneck e Érica Prado
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Apresentação: Luka Marinho
Reportagem: Érica Prado e Ralph Guichard
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

domingo, 8 de novembro de 2009

O Vascão voltou

Sete de dezembro de 2008: tristeza, desespero, lágrimas. Sete de novembro de 2009: alegria, euforia, mais lágrimas, só que, dessa vez, de emoção. Onze meses depois do capítulo mais nebuloso da história do clube, o Vasco da Gama, tetracampeão brasileiro, voltou para o lugar que merece: a primeira divisão.

O jogo que garantiu o acesso, nesse sábado, contra o Juventude, no Maracanã, refletiu exatamente o que marcou a trajetória da equipe durante a disputa da Série B. A torcida, mais uma vez, demonstrou o apoio incondicional ao time, servindo de exemplo para os demais clubes do país, ao bater o recorde de maior renda de todas as divisões brasileiras, neste ano. Isso porque os termômetros passavam dos 40º no Rio de Janeiro.

Vale ressaltar o planejamento da diretoria do clube, em conjunto com o técnico Dorival Junior. O cruzmaltino não fez nenhuma loucura, contratando jogadores sem expressão nacional, porém, com características que ajudaram o Gigante da Colina em sua complicada empreitada, como no caso do atacante Elton, que vem recebendo sondagens do exterior.

Agora que a fase turbulenta já passou, é manter os pés no chão, mantendo a linha que deu certo, corrigindo o que não ficou tão bom assim, e buscando caminhos inteligentes, para que o clube de São Januário volte aos tempos de glória, quando disputava o título em todas as competições em que entrava.

Pode comemorar, torcedor vascaíno! O Vascão voltou!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Notícias em foco



Tem notícias sim, mas, no foco, sobrou até para Madonna e Jesus Luz, que estão vindo para o Rio de Janeiro. No Carnaval, tem Rainha de Bateria pedindo demissão. Esportes, cultura e atualidade, no Notícias em Foco desta sexta-feira.

Produção: Ralph Guichard, Luka Marinho, Bruna Werneck e Érica Prado
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Apresentação: Ralph Guichard
Reportagem: Luka Marinho e Bruna Werneck
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

quarta-feira, 4 de novembro de 2009



"É que em cada experiência, se aprende uma lição..."

Como cão e gato

Saí pelas ruas meio desanimado. Andei em direção a um lugar qualquer a fim de gastar as energias, para que ela não me contaminasse por inteiro.

Quando virei a esquina, avistei um enorme cachorro, praticamente carregando o seu dono. Imediatamente, não sei por que, falei alto comigo mesmo: "quer apostar como o cão vai vir em minha direção?". Ainda bem que não apostei, porque, se o tivesse feito, o meu outro eu venceria a aposta. O cachorro não só foi na direção oposta como para um lugar muito melhor: a porta do açougue.

"Ah, tá explicado!", pensei assim. Mas não é que eu me enganei de novo? Algo muito melhor do que carne assada havia atraído aquele bicho. Eu só não esperava, no entanto, que fosse quem acabou sendo.

No momento em que o grande cachorro se aproxima da grade, uma pequena gatinha vem em sua direção e, em vez de se atacarem e se engalfinharem, trocaram carícias com o focinho. Era um chamego só entre os dois.

Pra você ver como é a ironia da vida. Às vezes, recebemos ataques de quem jamais desejaríamos receber, seja de forma direta ou indireta, nos deixando totalmente feridos e decepcionados. Na história que parecia ter mudado na última semana, descobrimos ter sido apenas um triste alarme falso, na medida em que os mesmos atos desnecessários voltaram a se repetir. Enquanto isso, no Reino Animal, o cão, que tinha tudo para querer acabar com a gatinha, soube enxergar o verdadeiro valor da sua alma gêmea, não tendo medo de latir mais alto e deixar de lado todas as suas ilusões malucas, apostando em uma espécie só, a quem confia que vai lhe fazer feliz.

Por mais resistente que seja, chega uma hora que o coração não tolera mais sofrer, preferindo buscar outros horizontes. O tempo está esgotando...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Ligeirinho

Rápido e ligeirinho, porque hoje é feriado!

Que tombo!

Tudo bem ser fã de Caetano Veloso, mas daí querer imitar o ídolo em tudo já é demais. Após assistir o tombo de Caetano, hoje hit no YouTube, dessa vez foi Dinho Ouro Preto quem caiu do palco. Só que a coisa foi mais séria. O vocalista do Capital Inicial teve traumatismo craniano. Dinho passa bem e se recupera em um hospital de São Paulo. Na música da vida real, não foram os velhos olhos vermelhos que voltaram, mas a cabeça do cantor que sofreu com os hematomas...

Aquém das expectativas

Os organizadores esperavam 1 milhão e meio de pessoas, porém, apenas 200 mil compareceram à Parada Gay do Rio de Janeiro. Culpa da chuva, menos pessoas saindo do armário ou todos os homossexuais viajaram para Porto Alegre? Brincadeira, heim...

Melhores do Brasileirão

O Campeonato Brasileiro está chegando ao fim e, com isso, vai se aproximando a tradicional festa de melhores do campeonato. Acabando com a surpresa, eis os homenageados: Cafú, pelo recorde de partidas pela seleção brasileira, e a torcida do Vasco da Gama, pelo apoio ao time, mesmo na Série B.

Pânico da concorrência

Globo, Record e SBT estão literalmente em pânico. Por sete semanas consecutivas, o programa Pânico na TV, da RedeTV, foi líder de audiência. Nesse domingo, estima-se que o humorístico chegou a 17 pontos, contra 14 da Globo e do Fantástico, que vem caindo a cada semana. Não deve demorar muito para a revista semanal da Globo mudar o formato, o estilo e a equipe. Zeca Camargo que se cuide!

sábado, 31 de outubro de 2009

Saiba quem será o campeão brasileiro

Sábado, dia 31 de outubro, também conhecido como dia das bruxas. Nada melhor como aproveitar a data para promover o retorno do maior "chutador" esportivo da web brasileira: Pai Macumbeiro! De volta ao "O blog Rox", após um longo - e bota longo nisso - período de férias, ele conta pra gente como vai terminar o Campeonato Brasileiro da Série A. Eu pego carona e dou os meus pitacos também.

Com a palavra, o Nostradamus paraguaio, digo, Pai Macumbeiro:
Oxalá leitores deste estimado espaço virtual! Gostaria de dizer, meus caros, em primeiro lugar, que desconheço esse tal Nostradamus paraguaio. Sou um humilde porém poderoso representante de Ogum na Terra. Vamos lá.

Título:

Pai Macumbeiro (Pai de Santo, presidente da CBOR, a Confederação Brasileira dos Orixás Revoltados): Olokun foi despertado por uma intensa luz vinda dos mares. Esse fator vai impulsar o Rio de Janeiro a eleger um representante de Axabó para representar a cidade no topo do torneio. Ibeji ainda tenta ajudar o São Paulo, mas o campeão será mesmo o Flamengo.

Ralph Guichard (Autor do blog): Apesar de ser considerada pequena a distância dos líderes para os integrantes do G4, considero que a disputa pelo título já está reduzida a apenas dois clubes: Palmeiras e São Paulo. Que me perdoem os atleticanos, mas um time que tem Jorge Luiz como zagueiro titular não pode ser considerado aspirante ao lugar mais alto do pódio. O mesmo se estende ao Internacional, que possui uma boa equipe, mas perdeu a oportunidade no momento em que sofre um "apagão", no meio da competição. Apesar da ascenção do Flamengo, é também um exagero considerar o rubro-negro na briga pelo troféu. O negócio dele é lutar por uma vaga no G4, o que também vai ser extremamente difícil. Jason ou Muricy? Muricy. Chegou a vez do Palmeiras voltar a gritar "é campeão"!

Vaga na Libertadores:

Pai Macumbeiro: Os búzios mostram bastante agitação entre os mentores. Onilé ainda diz que o Santos ainda vai conseguir chegar lá. Olossá e Nanã forçam a barra e levam Palmeiras e Atlético Mineiro junto com eles para fazer cumprir o objetivo dos torcedores. Obá manda dizer que o time Internacional não pode jogar no Brasil e Iemanjá ajuda a carregar o Cruzeiro pelos mares do Sul, deixando o clube fora do grupo dos melhores do país.

Ralph Guichard: A briga é boa. A realidade que enxergo é a seguinte: quatro clubes lutando por duas vagas, já que Palmeiras e São Paulo estão praticamente assegurados. Analisando tabela e condições dos envolvidos, coloco o Internacional e o Atlético Mineiro lá também, mas é claro que Flamengo e Cruzeiro podem chegar.

Rebaixamento:

Pai Macumbeiro: Ih, sai de baixo que Oranian está crescendo. Fluminense vai escapar! Botafogo, Santo André, Náutico e Sport mudam de ares, como disse Obaluaiyê.

Ralph Guichard: Fluminense e Sport não tem mais chances. Foi um campeonato bizarro para ambos e, por isso, os erros de suas diretorias vão selar o iminente rebaixamento das equipes. Novamente são quatro equipes para duas vagas: Coritiba, Botafogo, Santo André e Náutico. Santo André tem o elenco mais fraco desses que citei, por isso coloco como o terceiro rebaixado. Por fim, infelizmente, vendo a tabela, vejo o Botafogo com mais chances de voltar para a segunda divisão do que os rivais. Pobre Rio de Janeiro...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Notícias em foco



Sexta-feira, véspera de feriadão. O que funciona, o que não funciona? Além disso, saiba como está sendo a operação da Polícia no Morro do Borel, além de descobrir quem é o novo intérprete da Mangueira. Esporte, cidade e muito mais no programa de hoje, em apenas cinco minutos!

Produção: Ralph Guichard, Luka Marinho e Izabella Galante
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Apresentação: Luka Marinho
Reportagem: Izabella Galante e Ralph Guichard
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Notícias em foco



As principais notícias do dia em apenas cinco minutos, com direito, ainda, a Carnaval e esporte? Não perca no notícias em foco de hoje!

Produção: Ralph Guichard, Luka Marinho e Izabella Galante
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Apresentação: Izabella Galante
Reportagem: Ralph Guichard e Luka Marinho
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

terça-feira, 27 de outubro de 2009

O Herói e a Flor 2



"Confesso estou surpreso", assim declarou o herói. O mesmo ambiente que antigamente foi usado para enfraquecer, agora pode ter servido para fortalecer, em um período onde o estado é crítico. Tempos atrás, quando tudo parecia estar bem, o espaço serviu para colocar pontos de interrogação desnecessários, propositais ou não. Agora, no mesmo lugar, os pontos foram resgatados, no entanto, com a conotação inversa: positiva e muito saudável, em uma atitude impressionante e louvável.

Se em outros tempos o herói conseguiu resgatar a bela flor, não duvido que, agora, seja a flor que consiga resgatar o herói. Ego não existe mais a essa altura do campeonato.

Tudo pode acontecer, só não sabemos quando, aonde e nem mesmo com quem. O que sabemos e podemos reparar é que a última semana foi surpreendente. Declarações não lidas antes surgiram, em um momento inimaginável, quando o jogo já parecia decidido. Se ele vai mudar, ou não, só os próximos capítulos irão dizer. Continuará a flor surpreendendo o herói? O herói surpreendendo a flor? Ambos se surpreendendo? Positivamente? Negativamente? Final triste? Final feliz? Final? O que parecia certo parece querer ganhar mais emoção.

Os próximos dias serão vitais...

domingo, 25 de outubro de 2009

CONVIDADO DO ROX: Distrito 9 - aliens às avessas e lembranças históricas

Por Vinícius Lima

Quem andou pela cidade há alguns dias sentia que tinha algo diferente. Soava meio estranho se deparar com placas de publicidade como “restrito a humanos”... Era nada mais que a campanha de marketing do longa “Distrito 9”, um filme de Neill Blomkamp e Terri Tatchell, envolvendo a velha questão ufológica e também surpreendendo com um contexto sócio-econômico embutido.

Ao ver aquelas naves gigantescas parando sobre a Terra, já se previa ataques e destruições em massa, porém os “camarões” estavam no planeta para pedir ajuda, quem diria...

Como reza a tradição, todos esses módulos pousam nos EUA, foco econômico do mundo, onde se concentram as rédeas, mas, para a surpresa geral, ela estacionou nos ares de Johanesburgo, África do Sul. A pergunta ficou implícita: “Será que vão jogar futebol!?”

Ao serem dominados pelos humanos, os ETs foram literalmente segregados a morar numa verdadeira favela no centro da capital sulafricana, com direito a gangues nigerianas traficantes de armas e à versão anti-alien do BOPE.

Wikus van de Merwe, chefe de uma das operações de repressão ao povoamento dos aliens, se tornou o protagonista da trama, ao comandar a emissão de mandados de despejo dos ET e ao ser infectado por um fluido que continha material genético dos invasores. Era uma espécie de combustível para um módulo subterrâneo atingir a navemãe, que se mantinha no ar.

Ao perceber as mudanças em seu corpo, Merwe foi confiscado pela MNU para comprovar a tal metamorfose: utilizar armas até então inúteis para humanos. A disparidade genética do fiscal permitiu não só o uso das armas letais como também a apreensão por parte do órgão do fluido que o infectou.

Ao passar do tempo, Wikus ganhava aspectos físicos dos visitantes, como os braços. O que o tornou a peça-chave da história foi a possibilidade de manipular as armas alienígenas, cujo uso só seria possível com eles, através de uma identificação genética. Esse “dom” provocou sua perseguição, tanto por indústrias de armas quanto pelo órgão moderador do Distrito.

Com o apoio de dois “camarões”, Merwe invade a sede da MNU para recuperar o combustível da nave alienígena, com a promessa de que seria curado. Não passava de um pretexto para que os dois amigos fugissem, levando junto a grande nave-mãe que ficava em cima da cidade, porém prometeram voltar em somente três anos...

Para os mais chegados, essa tendência contrária dos ETs em mrelação à Terra não é nova: há alguns meses, tínhamos aí nas telonas a regravação de “O dia em que a Terra parou”, com uma invasão quase pacífica.

Blomkamp apenas refinou a ideia de que nossos “amigos” espaciais não são tão maus assim, porém deu um contexto totalmente de par do que vinha sendo feito. O foco da invasão foi a África do Sul, isso mesmo, o país da Copa de 2010, de Nelson Mandela, do apartheid... As semelhanças não param por aí: a situação, antes vivida entre “brancos” e “negros”, agora era retribuída entre “humanos” e “extraterrestres”.

A filmagem foi gravada de uma forma frenética, com poucos focos fixos, sempre em movimento, dando uma impressão de proximidade do espectador à cena. Soou também como um grande
documentário, ao exibir opiniões e relatos de amigos do van de Merwe após a infecção.

“Distrito 9”, por fim, é um filme que deixou muito a desejar, porque, além de quebrar todas as expectativas do espectador quanto a filmes com aliens, trata a questão ufológica muito pelo aspecto social. O diretor literalmente “humanizou” os visitantes, dando a eles um idioma, compreendido pelos humanos, e sentimentos, como a saudade de casa e a relação de pai-filho. Para quem estava acostumado a “Alien VS. Predator” ou outros desse patamar, “Distrito 9” é um filme para boi dormir.

Vinícius Lima é estudante e colaborador de "O blog Rox". A opinião contida no texto não expressa, necessariamente, a visão do autor do blog, sendo de responsabilidade do convidado.

sábado, 24 de outubro de 2009

ESTREIA: Ligeirinho

O blog Rox ficou muito tempo sem uma estreia? Acabou ontem! Hoje é um novo dia e mais uma nova coluna vai entrar em ação. Trata-se do Ligeirinho. Com curiosidades do dia a dia, você fica bem informado a respeito de diversos assuntos, em apenas poucas linhas. Sem perder tempo, ligeirinho, que venha a inauguração!

Ivete Sangalo no Salgueiro

A equipe de Ivete Sangalo está próxima de fechar um show para a cantora na quadra da Acadêmicos do Salgueiro. O primeiro contato já aconteceu. A apresentação está prevista para fevereiro, pouco antes do Carnaval, em uma espécie de Micareta.

Mudança no samba-enredo do Salgueiro

Ainda falando da campeã carioca, o Salgueiro fez uma pequena alteração na melodia do samba-enredo vencedor, que vai representar a escola na Marquês de Sapucaí, em 2010. Foi no trecho: Na arte do saber um novo amanhecer / Divina criação, primeira impressão. Cai entre nós. Prefiro a versão original...

Só falta um para o Vasco

Com a vitória desse sábado, contra o Bahia, o Vasco abriu 15 pontos de vantagem para o quinto colocado, Figueirense, na Série B do Campeonato Brasileiro. Faltando seis rodadas, apenas um empate garante o cruzmaltino de volta à Série A, matematicamente, caso Figueirense e Portuguesa percam uma partida.

Desenvoltura "alá" Cohen

Aconteceu durante a entrega da segunda edição do Prêmio Assespro Melhores Empresas, que homenageou os melhores casos apresentados pelas empresas de TI (tecnologia da informação), no Rio de Janeiro. Durante o show de encerramento, feito pelo cantor Alex Cohen, no meio de uma canção em que o artista tocava teclado, a luz desarmou e todos os aparelhos desligaram. Cohen não perdeu o pique, pegou o violão e terminou a canção, no gogó. A energia voltou logo em seguida. Isso que é desenvoltura...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Notícias em foco



Notícia também tem que ter foco!

Produção e reportagem: Ralph Guichard, Izabella Galante e Luka Marinho
Operação de áudio: Luís Aurélio e Tatiana
Apresentação: Izabella Galante
Coordenação de Jornalismo: Professor Sidnei do Amaral

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Acho que criei um monstro



Hoje é dia do poeta
À quem eu quero homenagear
Consulto minha pasta
Em busca do que postar

Quando abro meus arquivos
Meu Deus, quanta agonia!
Metade é texto romântico
E o resto porcaria

E assim eu continuo
Escrevendo e refletindo
Será que criei um monstro
Ou moço bem astuto?

domingo, 18 de outubro de 2009

Button é o campeão mais sem graça da história da F1

E o sem graça Jason Button é o piloto campeão da temporada mais sem graça da história da Fórmula 1. A confirmação do que todos já sabiam que aconteceria, em função da péssima organização que foi feita na categoria esse ano, veio no Grande Prêmio do Brasil, nesse domingo, em Interlagos.

Aliás, outra grande "surpresa", que nunca costuma acontecer, foi fundamental para garantir o título do inglês. Veja só que coisa "atípica": furou o pneu do Rubinho Barrichello!

Muda regulamento, volta regulamento antigo, kers, pune aqui, releva ali, difusores. É um ano pasa esquecer no automobilismo mundial. Como amantes da alta velocidade, esperamos que em 2010 volte, ao menos, a seriedade de uma grande competição.

sábado, 17 de outubro de 2009

Assim não, Rio...

Tiros, bombas, helicóptero ao chão, mais bombas, mais tiros. Policial ferido, bandido morto. Rajada de metralhadora, barulho de explosão. Ruas fechadas, vias interditadas, ônibus em chamas. Infelizmente, foi essa a realidade que os cariocas tiveram presenciar no início desse sábado, quando diversos morros do Rio entraram em guerra, tendo como principal protagonista o Morro dos Macacos, em Vila Isabel.

Reduto do samba e de Noel, a região que abriga o G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel, hoje, não ouviu a bela canção que Martinho da Vila fez para a escola do samba do bairro. A população foi obrigada a presenciar uma melodia nada agradável, muito pior do que aquelas de filmes de terror.

Assim não, Rio. Essa não é a Cidade Maravilhosa que queremos chamar de nossa...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Quase, heim, Maradona?

Secamos, ironizamos, debochamos, mas não adiantou. Mesmo com um técnico completamente aquém do nível que merece uma seleção argentina, "nuestros hermanos" conseguiram arrancar uma suada classificação para a Copa do Mundo de 2010, na última rodada das Eliminatórias.

Apesar do triunfo, conquistado graças à incompetência de Uruguai e Equador, que perderam as partidas decisivas, nossos vizinhos têm motivos de sobra para continuarem preocupados. A equipe não possui o menor padrão tático - inferior, inclusive, ao único esquema que tem a seleção brasileira do Dunga -, a maior parte dos jogadores que sempre são convocados são veteranos desgastados. Além disso, craques como Messi e Aguero não conseguem repetir no país as misérias que fazem na Europa.

Por fim, vejo que parte da imprensa argentina começa a limpar a pele do rechonchudo treinador, uma vez que a vaga foi assegurada. Para isso, só digo uma coisa:

- Pobre Argentina...

OBS: Depois da atuação uruguaia, dá até vontade de torcer para Costa Rica, na repescagem...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O precário transporte ferroviário do Rio de Janeiro

Acabamos de conquistar uma dificílima eleição: a de sede das Olimpíadas de 2016. No entanto, problemas gravíssimos da cidade começam a ganhar mais força do que antes. É o caso do sistema ferroviário do Rio.

Nesta quinta-feira, pelo segundo dia seguido, os trens da supervia enfrentaram problemas que desencadearam em uma confusão absurda e violenta. Ontem foi em Nilópolis, hoje na Central do Brasil, e amanhã?

Eu espero que, passado o oba-oba olímpico, que foi maravilhoso e merecido, as autoridades comecem a olhar de forma urgente para as deficiências que a Cidade Maravilhosa ainda tem. Trens, metrô, ônibus, não importa. O que importa é que o carioca quer e exige um sistema de transporte eficiente, seguro e de qualidade.

Acorda, Rio! Não queira esperar o quebra-quebra nem a pancadarias entre polícia e cidadão, para que algo comece a ser consertado.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

CONVIDADO DO ROX: Rio de Janeiro como sede olímpica: um mar de rosas?

Por Vinícius Lima

O foco do mundo durante esta última semana estava quadrangulado entre quatro locais. Não, não foram os furacões em plena região Sul do Brasil, devido ao El Niño, mas sim as quatro cidades concorrentes a sediar as Olimpíadas de 2016.

O Rio veio com a bola toda por representar a possível primeira localidade sul-americana a sediar o maior evento esportivo do mundo.
Obama, com seu lema “Yes, we can”, viu o presidente Lula roubar a cena, juntamente com Pelé e sua homenagem póstuma a Michael Jackson... Sexta-feira, ponto facultativo para uns, dia normal para outros, enfim, a cidade é escolhida pelo COI. Será que a chegada do evento daqui a sete anos representará aquele legado computadorizado que fora mostrado ao comitê?

Sem querer pagar uma de advogado do diabo, mas sim, a cidade precisa melhorar e MUITO. Há certos pontos do vídeo do projeto arquitetônico que me deixaram intrigado: por que repetir ideias que foram prometidas para o Pan 2007 e que até hoje, dois anos após os jogos, não saíram do papel? Tudo bem, ganhamos faixas azuis nas ruas dos principais corredores para facilitar o transporte das delegações, mas ganhar uma multa caso andasse nela? Daqui a pouco, introduzirão um regulamento da FIA ao trânsito carioca, com direito a passagem
pelos boxes (favelas).

Derrubar o viaduto da Perimetral, transformar em um mergulhão a partir da Pça. XV, restaurar a imagem portuária, essas são medidas que pendem desde antes a prefeitura de César Maia e parece que precisaram de um estímulo para serem cumpridas... Será que a cidade depende de eventos dessa tamanha grandeza para que a abóbora vire carruagem?

Linhas de metrô, isso sim tira o sono de muitas pessoas. Quem pôde presenciar as animações mostradas pelo Jornal Nacional (TV Globo) sobre as mudanças propostas para 2016 viu que a intenção – mais uma vez – é levar até à Gávea, culminando na PUC. Um dos motivos que me forçaram a desistir de uma bolsa nessa universidade foi o fator transporte público. Há opções viáveis, porém se gasta muito tempo. À propósito, onde está a Linha 4, ligando o Centro até a
Alvorada? Na gaveta? Estava no projeto do Pan, mas, até hoje, só vimos o de sempre: trânsito parado na autoestrada Lagoa-Barra, motos simulando tiros e arrastões nos túneis do Joá e Zuzu Angel...

A questão da segurança foi outro item que pesou na hora de votar no Rio. Até hoje, recordo-me daquelas viaturas novíssimas da polícia militar rondando lugares até então “despoliciados”. Eram Fiat Palio de primeira linha, todos equipados e caracterizados! Ao visitar amigos que moram em Quintino, perto da Universidade da Gama Filho, cansava de ver polícia perto do Engenhão; as duas semanas dos jogos Pan-americanos se passaram e tudo sumiu como se tocasse meia-noite no relógio da história da ‘Cinderela’... Mais uma vez, questiono: é preciso ter um empurrão para se fazer as coisas nessa cidade?

Não há dúvidas de que o Pan 2007 deixou legados à cidade. Na minha época recente de federação de natação, tive a honra de participar de duas competições no Parque Aquático Maria Lenk, no Recreio, “ali” no Recreio. Estrutura fantástica, de primeiro mundo, considerada até então a melhor piscina descoberta do mundo, mas que é pouquíssimo usada. Além de ser muito longe do centro, não há transporte barato para lá. O povão que não pode comprar o seu carrinho, além de ter que ir de ônibus às competições, teve que encarar 120 reais para o ingresso mais barato, sem meia-entrada, para ver Cielo de Cia.

O Rio de Janeiro, além de ter o projeto mais caro, terá pela frente uma série de exigências, como a construção de hotéis. Aí você para e perguntar: onde é que vão construir doze mil leitos? Na praia da Barra? Vão pegar um pedaço da reserva do Marapendi para tal?

Mal temos as estruturas para a Copa do Mundo de 2014, imagine para as Olimpíadas. Espero que a aliança peemidebista fluminense com o Governo Federal consiga levantar fundos, mas posso garantir que será difícil cumprir o cronograma. Que entreguemos tudo faltando uma
semana, mas que cumpramos o prazo!

Vinícius Lima é estudante e colaborador gráfico de "O blog Rox". A opinião contida no texto não expressa, necessariamente, a visão do autor do blog, sendo de responsabilidade do convidado.